Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021

Título Interno

19 agosto 2011 - 07h52
Agazetanews


A Polícia Civil está investigando um duplo homicídio ocorrido no início da noite dessa quarta-feira (17) em uma fazenda situada nas proximidades da Escola Agrícola, a cerca de 20 quilômetros da cidade, em Amambai.

Joãozinho Francisco, de 30 anos, natural de Sete Quedas e Eli Andrade de Almeida, de 53 anos, ambos residentes na Fazenda Betel Agrícola, onde ocorreu o crime, foram executados a tiros de pistola calibre 380 milímetros.

Segundo a Polícia Civil de Amambai que esteve no local realizando os levantamentos de praxe, as duas vítimas estavam sentadas conversando após o trabalho quando teria se aproximado um indivíduo encapuzado e sem mediar palavras, teria passado a disparar contra os dois homens.

Ferido com um tiro nas costas, Eli Andrade teria tentado fugir, mas acabou caindo e morrendo a cerca de 150 metros do local, em meio a uma lavoura de aveia.

Joãozinho também teria tentado fugir, mas recebeu dois tiros nas costas e um na cabeça, vindo a morrer a cerca de 50 metros do local onde estava sentado.

Para a polícia pelas características do local e a situação narrada por testemunhas que estavam na fazenda na hora do crime, a hipótese é que o alvo principal do assassino seria Joãozinho Francisco, já que depois de caído, teria recebido um “tiro de misericórdia” na cabeça, consumando a execução e Eli teria sido atingido por que estava junto com ele na hora.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações do caso, Dr. Marcius Geraldo Cordeiro, titular da Delegacia de Polícia Civil em Amambai, a única hipótese descartada até o momento é que o crime tenha ocorrido para roubar, já que nada foi levado da fazenda.

Para a polícia a possibilidade é de crime encomendado tendo em vista a forma que o “pistoleiro” agiu.

De acordo com o delegado, investigadores da Polícia Civil de Amambai estão trabalhando no caso e já nesta sexta-feira (19) a Polícia Civil vai começar a ouvir os moradores que estavam na propriedade rural para colher informações e buscar a elucidação do crime. De acordo com a Polícia Civil de Amambai nenhuma das vítimas tinha passagens pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
PMA de Aquidauana captura terceiro jacaré passeando pelas ruas da cidade neste ano
INTERNACIONAL
China quer trabalhar com o Brasil para promover parceria estratégica
FÁTIMA DO SUL
PMA fecha serralheria por emissão de sons acima do previsto em lei prejudicando a vizinhança
AÇÃO DE GOVERNO
Ritmo das obras intensifica no Estado, com mais de 80 trabalhos só na área urbana