terça, 16 de abril de 2024
FAKE ADDRESS

Polícia Federal combate a fraudes previdenciárias

23 setembro 2022 - 10h00Por PF

Na manhã desta quinta-feira, 22/9, a PF deflagrou a operação “FAKE ADDRESS”, com o objetivo de desestruturar organização criminosa especializada na obtenção fraudulenta de Benefício Assistencial ao Idoso, mediante a cooptação de cidadãos de nacionalidade paraguaia e utilização de documentos falsos, em Bela Vista.

As investigações demonstraram que os aliciadores obtinham a documentação necessária para concessão do benefício, em especial comprovantes de residência fraudulentos com o objetivo demonstrar falsamente que os estrangeiros eram residentes em território nacional.

A Polícia Federal, com apoio de servidores do Ministério do Trabalho e Previdência Social, cumpriu oito mandados de busca e apreensão na cidade sul mato-grossense.

As apurações indicam que o prejuízo aos cofres públicos ultrapassa R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais). Com a deflagração da operação e suspensão dos benefícios fraudulentos, estima-se que o prejuízo evitado aos cofres da União seja de R$ 6.500.000,00 (seis milhões e quinhentos mil reais).

Deixe seu Comentário

Leia Também

50+

Funtrab e rede supermercadista lançam 'Feirão da Empregabilidade' para contratação de profissionais

DETRAN-MS

Curso especial para condutores infratores ultrapassa 90% de aprovação

DESENVOLVIMENTO

Com R$ 3,2 bilhões, MS teve aumento de 227% nos investimentos públicos nos últimos três anos

TRAGÉDIA

Mãe e filho morrem e três ficam feridos em acidente no domingo de Páscoa