Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021
FERCICAL
APARECIDA DO TABOADO

Polícia Militar prende dois homens por cometerem violência doméstica

03 maio 2021 - 15h00Por PM-MS

Nesse final de semana (30/04 a 02/05), policiais militares da patrulha urbana de Aparecida do Taboado  atenderam duas ocorrências de violência doméstica que culminaram na prisão de um homem de 37 anos e outro de 39 anos por cometerem lesão corporal e ameaça contra suas esposas. Veja mais detalhes!

No sábado (01), policiais militares compareceram em uma residência localizada na Rua Princesa Maria da Gloria, no Jardim Imperial, onde a solicitante informou que seu marido teria iniciado uma discussão por motivos fúteis e passou a agredi-la com socos e segurando-a pelos cabelos pressionou seu rosto contra o asfalto, ainda informou que ao tentar se defender acabou causando lesões em seu esposo. A mulher possuía uma lesão no nariz, no joelho esquerdo, na mão direita e cotovelo esquerdo. Uma testemunha que estava pelo local disse aos policiais que a vítima e ela teria também sofrido ameaças por parte do indivíduo.

Assim, o homem de 37 anos foi detido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

Já no domingo (02), por volta das 17h40, policiais militares, após solicitação via 190, foram até a casa localizada na Rua Goiana, no Jardim Morumbi, onde estaria ocorrendo um violência doméstica.

No local, a solicitante disse aos policiais que seu esposo fez uso de bebida alcoólica, discutiu com o filho dela e em seguida pegou uma faca e partiu para cima dele. A senhora informou que entrou na frente para evitar um mal maior, mas ele a empurrou violentamente contra a parede e ela acabou atingindo seu cotovelo esquerdo num botijão de gás, e que estava com muita dor na região. A cidadã informou que seu filho conseguiu fugir do padrasto dele e que seu marido disse que mataria todos se o denunciasse. Todos os fatos foram presenciados pelos demais filhos do casal, os quais confirmaram a declaração da mãe.

O autor da violência doméstica estava alterado e na presença dos policiais proferia a todo tempo que mataria seu enteado e beberia seu sangue. Diante da situação, o homem de 39 anos recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia de Polícia Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular