Menu
Busca terça, 13 de abril de 2021
Faculdade columbia - Matrículas abertas 2021
CAMPO GRANDE

Policiais Militares apreendem 119kg de maconha, pistola, munições e procurado pela Interpol

02 dezembro 2020 - 14h00Por PM-MS

Policiais Militares do pelotão da Força Tática 11ª Companhia Independente de Polícia Militar apreenderam na noite ontem (01/12), mais de 119kg de maconha, 4 pistolas com 8 carregadores e 259 munições, além de fugitivo de penitenciaria no Paraguai.

A ocorrência é desdobramento da Operação Atalaia, que acontece no mês de Dezembro na área da 11ª CIPM. O flagrante se deu após em rondas na região do Mata do Segredo a guarnição avistar e abordar casal com passageiro em veículo VW Gol e encontrar cerca de 8kg de maconha e papelotes de cocaína após vistoria.

Eles confessaram que estavam entregando droga e que haveria mais entorpecentes na residência de um dos autores, no Jardim Monte Alegre. Na casa foram encontrados dentro de um quarto mais 109 tabletes e 9 volumes de maconha, balança de precisão, plástico filme e outros materiais que caracterizam que os entorpecentes estavam sendo embrulhados para venda. No total foram apreendidos 119kg de drogas, e dentro de uma estante na sala, 4 pistolas 9mm sem número de série com 8 carregadores e 259 munições intactas.

Uma dos detidos é fugitivo de penitenciaria de Pedro Juan Caballero no Paraguai, onde cumpria pena pelo crime de Tráfico Internacional de Arma de Fogo.

Os envolvidos foram presos em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas, Evasão e Posse/Porte Ilegal de Arma de Fogo de uso Restrito. Os armamentos, entorpecentes e demais materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, onde foram realizados os demais procedimentos legais em relação aos fatos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO HÓRUS
Veículo furtado com quase meia tonelada de maconha foi recuperado pelo DOF
EDUCAÇÃO
Prouni: MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes
JUTI
Polícia Militar apreende veículo com chassi adulterado
COTAÇÃO
Dólar fecha acima de R$ 5,70 em meio a incertezas políticas e fiscais