Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021

Presa com 20 kg de cocaína, quadrilha queimou R$ 1 milhão em cheques

Presa com 20 kg de cocaína, quadrilha queimou R$ 1 milhão em cheques

02 dezembro 2014 - 09h30Por CG News
Policiais da Derf (Delegacia de Roubos e Furtos) prenderam três dos quatro integrantes da quadrilha que roubou R$ 2 milhões em cheques de uma distribuidora no Bairro Caiçara, em Campo Grande. Os criminosos foram presos com 20 quilos de cocaína, avaliada em R$ 600 mil, e contaram que queimaram R$ 1 milhão em cheques.



Segundo o delegado Fábio Peró, na manhã de quinta-feira, o grupo invadiu a Distribuidora Santana Miró, no Bairro Caiçara, renderam quatro funcionários e roubaram R$ 2 milhões em cheques, R$ 70 mil em dinheiro, três computadores e três telefones celulares.

A partir de depoimentos de funcionários e testemunhas da ocorrência, a polícia identificou quatro envolvidos no roubo. Foram presos três: Everton Diego Niz Paixão, o Mosquito, 25 anos, Fábio Alves da Silva, o Binho, 35, e Mauri Duarte dos Santos, o Jamal, 26. O quarto envolvido, Eric Luiz Silva Correia, o Eric Neguinho, 28, está foragido e também já tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Além de R$ 855 mil em cheques, que foram recuperados, o grupo foi preso com um revólver calibre 38, uma pistola 380 milímetros de uso restrito e um computador.

Os criminosos queimaram mais de R$ 1 milhão em cheques, que tinham datas antigas. Só mantiveram os cheques de dezembro deste ano a maio de 2015. O veículo Fiat Siena, usado no roubo, foi encontrado na casa de Eric Neguinho, que fica no Jardim Radialista 1.

Os quatro acusados de integrar a quadrilha possuem uma extensa ficha criminal por roubos. Peró contou que eles são especialistas nos roubos cometidos nas saídas de bancos.

Os R$ 70 mil seriam divididos entre os integrantes da quadrilha, que inclui um criminoso preso no complexo penitenciário da Capital. No entanto, ele não teve o nome divulgado pelos suspeitos do roubo. Um ex-funcionário, que também não foi identificado, repassou informações sobre a distribuidora para o bando.

A Derf vai iniciar novas investigações com a Denar (Delegacia Especializada na Repressão ao Narcotráfico) para descobrir a origem da cocaína.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito apreende dois jacarés e um javali abatidos em leito de córrego no município
MEIO AMBIENTE
Imasul e bombeiros iniciam ação preventiva contra incêndios nos parques estaduais
GUIA LOPES
Polícia Militar conduz dois indivíduos por Violência Doméstica
PROSSEGUIR
Mudanças nas bandeiras do Prosseguir podem alterar atividades nos municípios de MS