sexta, 23 de fevereiro de 2024

Trabalhadores encontram ossada e investigam paradeiro de jovem desaparecida

Trabalhadores encontram ossada e investigam paradeiro de jovem desaparecida

27 abril 2012 - 16h30
RegiaoNews


Ossada humana encontrada ontem às margens da MS-162 pode ser de uma jovem desaparecida há cinco meses, em Maracaju. A Polícia Civil de Dourados e de Maracaju trabalham no caso.

A ossada foi localizada por volta das 10h desta quinta-feira por funcionários da Agesul que faziam limpeza e manutenção nas laterais daquela rodovia que liga Maracaju e Sidrolândia. O local foi isolado para os trabalhos da perícia técnica.

De acordo com a polícia, a ossada estaria no local há cerca de cinco meses. Em meio aos restos mortais, a perícia encontrou uma calcinha, o que leva a polícia suspeitar de que a ossada seja de uma garota desaparecida desde 27 de novembro do ano passado.

Sandi Luana Honório da Sivla, de 22 anos, teria vindo para Dourados em companhia de um homem e está desaparecida deste então.

Quem tiver alguma informação que possa ajudar a polícia, deve ligar para o telefone 190 (Polícia Militar). A ligação é gratuita e pode ser anônima. Também pode acionar o Serviço de Investigação Geral (SIG) pelo telefone 3411.8080 (Dourados).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Grupo vai subsidiar políticas de enfrentamento de mortes no trabalho

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia