Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021

Vereador é preso após seis meses acusado de matar motociclista

Vereador é preso após seis meses acusado de matar motociclista

05 dezembro 2014 - 08h15Por Adriano Moretto, com Osvaldo Duarte/Dourados News
O vereador de Douradina, João Pinto Cuenca, foi preso na manhã desta quinta-feira (4) acusado de homicídio doloso – quando tem a intenção de matar. Ele teria atropelado em junho deste ano, Edmilson Centurião Vieira, 36, morador no distrito de Cruzaltina, na mesma cidade.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz da comarca de Itaporã, André Luiz Monteiro.

A polícia chegou até o legislador após o trabalho desenvolvido pela perícia. Na época, acreditava-se que a vítima teria colidido contra uma proteção existente na ponte sobre o córrego Laranja Doce.

Durante as investigações, os peritos perceberam que as marcas do acidente apontavam para colisão e encontraram marcas de sangue na caminhonete de João. Questionado na época, o vereador disse que havia atropelado um cachorro.

As amostras então foram encaminhadas para análise, quando descobriram que se tratava de sangue humano.

Algumas peças do veículo também foram trocadas e confirmadas pela mecânica que realizou o serviço em Dourados. Já as marcas de sangue do veículo acabaram retiradas em um lava-rápido de Douradina, onde o funcionário reiterou ter lavado o carro do suspeito poucas horas após o fato.

‘Joãozinho’ foi transferido para a delegacia de polícia de Itaporã, onde permanece preso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
"Respiradores salvam vidas e essa é nossa meta", diz Neno Razuk em pedido de recursos para compra
CRIME AMBIENTAL
PMA autua pecuarista desmatamento dentro da Unidade de Conservação de Proteção Ambiental
BRASIL
Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%
CASSILÂNDIA
Polícia Militar tira de circulação mais um foragido da justiça