Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021

Após incidente envolvendo Assis e Davi, PSB tenta se reorganizar para eleições

03 outubro 2011 - 13h40
Após incidente envolvendo Assis e Davi, PSB tenta se reorganizar para eleições

Conjuntura Online

Depois do episódio da última semana envolvendo o deputado Lauro Davi e o ex-deputado e vice-presidente do diretório regional da legenda, Sérgio Assis, em que o primeiro foi agredido pelo segundo em uma reunião da sigla na Capital que debatia o pleito de 2012 e mudanças nos diretórios municipais da legenda, o PSB resolveu reagir para tentar unir o partido.


A reação veio basicamente do diretório da Capital do PSB, instância partidária considerada um feudo de Assis e que motivou o incidente entre os dois correligionários, por este último contestar supostas manobras de Davi para mudar, a seu gosto, a direção local da sigla socialista, indicada por Assis.


Em reunião na última sexta-feira, o diretório da Capital, em apoio a Assis, decidiu lançar sua candidatura a vereador pela cidade. A iniciativa teria partido do presidente local da legenda, Estevão Petrala que, na oportunidade, defendeu o ex-deputado no episódio envolvendo a briga com Davi.


Petrala assegurou que o partido vai procurar agora afinar o discurso em torno da consolidação de um projeto único para as eleições de 2012, estratégia que também deve se estender para os municípios do interior.


“O partido já deu por encerrado o incidente entre Davi e Assis e busca agora se organizar para a campanha do ano que vem”, disse Petrala na sexta-feira.




Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Onda de frio deixa temperaturas entre 4°C e 20°C em Mato Grosso do Sul
AÇÃO DE GOVERNO
Governo paga R$ 25,2 milhões em emendas parlamentares
NOVA ANDRADINA
Jovem é preso por suspeita de tráfico de drogas
CLIMA
Cemtec alerta para possibilidade de geada na região sudoeste de MS entre 28 e 30 de julho