sexta, 01 de julho de 2022
LEGISLATIVO DE MS

Atendimento especializado em certames às pessoas com TDAH e Dislexia é proposto

15 junho 2022 - 16h00Por Assessoria de comunicação

Tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) o Projeto de Lei 180/2022, de autoria do deputado Neno Razuk (PL), que institui o atendimento especializado nos concursos públicos, e vestibulares realizados no Estado de Mato Grosso do Sul, para as pessoas com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e Dislexia. A matéria segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Entre os itens que compõem o atendimento especializado aos candidatos inscritos com TDAH e Dislexia estão o tempo adicional de uma hora, um profissional ledor para auxiliar na leitura das provas dos candidatos e um profissional transcritor para auxiliar na escrita e preenchimento do cartão-resposta das provas dos candidatos, sendo esses profissionais solicitados pelos candidatos.

As pessoas com TDAH e Dislexia deverão comprovar, por meio de laudo médico, ou de profissional especializado, a necessidade de atendimento especializado. Os editais de concursos públicos e vestibulares em todo o Estado deverão informar, de maneira clara e objetiva, as normas que regem a determinada necessidade de atendimento especializado às pessoas com TDAH e Dislexia, com a finalidade de garantir o direito de concorrer em igualdade de condições

"Considerando a vasta diversidade existente nos sistemas educacionais, é de extrema necessidade o atendimento especializado as pessoas diagnosticadas TDAH e Dislexia nos concursos públicos e vestibulares no Estado, pois são dois transtornos que afetam diretamente em situações que requerem esforço intelectual, como a realização de provas que demandam de esforço intelectual, sendo necessário o devido atendimento especializado", justifica o autor da matéria, deputado Neno Razuk.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 64,36 mil casos em 24h

TEMPO

Mato Grosso do Sul deve ter clima estável nesta primeira semana do inverno

GERAL

Receita Federal deixa de exigir autenticação de documentos

POLÍTICA

Rodrigo Pacheco defende parceria entre Poderes em favor da sociedade