Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021

Reinaldo Azambuja empossa novos secretários e chefes de órgãos

Reinaldo Azambuja empossa novos secretários e chefes de órgãos

02 janeiro 2015 - 09h00Por G1
Os secretários do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), foram empossados durante solenidade realizada na noite desta quinta-feira (1º) no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande. Das 13 vagas do primeiro escalão, 12 já estão ocupadas. O único nome que ainda não foi definido foi o da Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar.

Foram empossados Eduardo Riedel, Secretário de Governo e Gestão Estratégica; Sérgio de Paula, Secretário da Casa Civil; Marcio Monteiro, Secretário de Fazenda, Carlos Alberto de Assis, Secretário de Administração e Desburocratização; Nelson tavares, Secretário de Saúde; Maria Cecilia Amendola da Motta, Secretária de Educação; Maria do Carmo Avesani Lopez, Secretária de Habitação; Jaime Verruck, secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente; Professora Rose (PSDB), vice-governadora, Secretária de Direitos Humanos, Inclusão e Assistência Social; Athayde Nery, Secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação; Ednei Marcelo Miglioli foi o escolhido para ser secretário de Estado de Infraestrutura e Silvio Cesar Maluf, Secretário de Justiça e Segurança Pública.

Além dos secretários, Azambuja empossou o procurador-geral do Estado, Adalberto Neves, e anunciou e deu posse aos titulares de fundações e autarquias do segundo escalão. Wilton Melo Acosta assume a Fundação do Trabalho (Funtrab), Gerson Claro fica no comando do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o ex-prefeito de Porto Murtinho Nelson Cintra fica na Fundação de Turismo (Fundtur), o ex-prefeito de Sidrolândia Enelvo Felini na Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e Rodrigo Mendes Ribeiro é o novo titular da Subsecretaria de Comunicação.

Posse

Pouco antes, Reinaldo Azambuja e a vice-governadora Professora Rose (PSDB) foram empossados na Assembleia Legislativa. Após o Hino Nacional, o tucano fez um juramento em respeito à Constituição sul-mato-grossense e foi aplaudido pelas autoridades e pelos convidados.

No discurso de posse, Reinaldo Azambuja lembrou de sua família, de sua história e se emocionou ao lembrar do pai, já falecido.

Depois do discurso do novo chefe do Executivo, o presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), encerrou a sessão de posse, que durou menos de uma hora.

Depois da solenidade, o governador concedeu entrevista em coletiva de imprensa no Plenarinho da Assembleia Legislativa, em Campo Grande. O tucano afirmou que tomará providências imediatas para a contenção de despesas em seu governo. Azambuja anunciou ainda a diminuição de seu salário.
“Reduzimos pela metade para mostrarmos que nós teremos um início de governo de grandes contenções de despesas”.

Após a posse, Azambuja e Professora Rose (PSDB) seguiram para a Governadoria, onde o chefe do Executivo recebeu a faixa governamental do ex-governador André Puccinelli (PMDB). O ato foi realizado na sacada da Governadoria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de março superou as melhores expectativas, diz Guedes
COTAÇÃO
Dólar fecha em leve alta após mudanças no Orçamento
POLÍTICA
Câmara: plantio de maconha para fins medicinais tem parecer favorável
REGIÃO
Polícia Militar no Distrito do Boqueirão apreende 1,5kg de maconha