Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021

Deputado Marçal anuncia R$ 35,3 mi para prefeitos

24 outubro 2011 - 14h10
Divulgação


O deputado federal Marçal Filho (PMDB), membro titular da Comissão de Orçamento do Congresso Nacional, recebeu do relator do Orçamento Geral da União para 2012, deputado Arlindo Chinaglia (PT), a confirmação dos recursos que o Mato Grosso do Sul vai receber da ordem de R$ 35,3 milhões. O volume vai beneficiar 72 municípios do Estado. “Essa é uma conquista inédita que, nós da CMO, comemoramos muito, pois vai garantir para nossas cidades investimentos em obras que vão transformar para melhor a vida da população”, enfatiza Marçal Filho.

Para ele a semana foi de muito trabalho na CMO, somente na quinta-feira, já no final do dia, o Parecer Preliminar ao OGU2012 foi finalizado pelo relator o que requereu a permanência de parlamentares da Comissão em Brasília. “Agora estamos concentrando esforços para orientar os municípios: prefeituras, câmaras municipais e sociedade em geral, para que não percam o prazo de envio dos documentos, com a definição do projeto que será atendido com os recursos” explica o parlamentar.

As cidades beneficiadas são aquelas com até 50 mil habitantes e têm até o dia 23 de novembro para envio do Formulário da CMO e da Ata da Audiência Pública que precisam realizar em conjunto: Prefeituras e Câmaras Municipais com ampla divulação para ouvir a escolha, por parte da sociedade, da ação que os recursos irão custear. “Agora, não só os prefeitos terão voz no Orçamento Federal. Está claro que caminhamos para tornar o Orçamento da União cada vez mais participativo” ressaltou o deputado.

Marçal Filho colocou o gabinete em Brasília à disposição dos municípios de Mato Grosso do Sul e recebeu ao longo do ano prefeitos e vereadores que estiveram em Brasília em busca de recursos federais. Entre as lideranças que passaram pelo gabinete do deputado Marçal Filho estão os prefeitos de Itaporã, Marcos Antônio Pacco (PMDB), de Aral Moreira, Edson David (PTB), de Anastácio, Douglas Melo Figueiredo (PSDB), de Nova Alvorada do Sul, Arlei Barbosa (PT), de Douradina, Darcy Freire (PDT), de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), de Maracaju, Celso Vargas (PTB), de Rio Brilhante, Donato Lopes (PSDB), de Caarapó, Mateus Palma (PR), de Paranaíba, Zé Braquiara (PDT), além do prefeito de Dourados, Murilo Zauith (PSB).

Marçal recebeu ainda vereadores de Dourados, Alberto Alves dos Santos (PDT), Dirceu Aparecido Longhi (PT), Cemar Arnal (PDT), Albino Mendes (PR) e Délia Razuk (PMDB) que solicitaram obras e serviços para a cidade, já que muitos projetos estão parados e o município sofre com os problemas deixados pela antiga administração. Para atender as demandas dos municípios, o deputado, além de fazer gestão no Orçamento Geral da União, também manteve seguidas audiências com o ministro das Cidades, Mário Negromonte, e apresentou uma série de reivindicações que beneficiam diretamente diversos municípios de Mato Grosso do Sul. “Como um deputado que recebeu votos em todo o Estado, tenho que ampliar cada vez mais as ações municipalistas para, com isso, melhorar a qualidade de vida de todas as famílias”, enfatiza Marçal Filho.

Por outro lado o deputado aponta que a Dourados também vai ser beneficiada por ele. “Para Dourados, que já tem quase 200 mil habitantes vou garantir recursos também, através das Emendas Individuais ao Orçamento. Venho ao longo do ano estudando projetos com a expectativa de garantir em torno de R$ 6 milhões para nossa cidade” explica o deputado.

Confira na tabela a seguir os valores de cada cidade: Água Clara, R$ 500 mil; Alcinópolis, R$ 300 mil, Amambai, R$ 600 mil; Anastácio, R$ 600 mil; Anaurilândia, R$ 400 mil; Angélica, R$ 400 mil; Antônio João, R$ 400 mil; Aparecida do Taboado, R$ 600 mil; Aquidauana, R$ 600 mil; Aral Moreira, R$ 500 mil; Bandeirantes, R$ 400 mil; Bataguassu, R$ 600 mil; Bataiporã, R$ 500 mil; Bela Vista, R$ 600 mil; Bodoquena, R$ 400 mil; Bonito, R$ 500 mil; Brasilândia, R$ 500 mil; Caarapó, R$ 600 mil; Camapuã, R$ 500 mil.

Também serão beneficiadas as seguintes cidades: Caracol, R$ 400 mil; Cassilândia, R$ 600 mil; Chapadão do Sul, R$ 600 mil; Corguinho, R$ 300 mil; Coronel Sapucaia, R$ 500 mil; Costa Rica, R$ 600 mil; Coxim, R$ 600 mil; Deodápolis, R$ 500 mil; Dois Irmãos do Buriti, R$ 500 mil; Douradina, R$ 400 mil; Eldorado, R$ 500 mil; Fátima do Sul, R$ 500 mil; Glória de Dourados, R$ 400 mil; Guia Lopes da Laguna, R$ 500 mil; Iguatemi, R$ 500 mil; Inocência, R$ 400 mil; Itaporã, R$ 600 mil; Itaquiraí, R$ 500 mil e Ivinhema, R$ 600 mil.

O Orçamento Geral da União reserva recursos ainda para as seguintes cidades: Japorã, R$ 400 mil; Jaraguari, R$ 400 mil; Jardim, R$ 600 mil; Jateí, R$ 300 mil; Juti, R$ 400 mil; Ladário, R$ 500 mil; Laguna Carapã, R$ 400 mil; Maracaju, R$ 600 mil; Miranda, R$ 600 mil; Mundo Novo, R$ 500 mil; Naviraí, R$ 600 mil; Nioaque, R$ 500 mil; Nova Alvorada do Sul, R$ 500 mil; Nova Andradina, R$ 600 mil; Novo Horizonte do Sul, R$ 300 mil; Paranaíba, R$ 600 mil; Paranhos, R$ 500 mil; Pedro Gomes, R$ 400 mil; Porto Murtinho, R$ 500 mil; Ribas do Rio Pardo, R$ 600 mil; Rio Brilhante, R$ 600 mil; Rio Negro, R$ 400 mil; Rio Verde de Mato Grosso, R$ 500 mil; Rochedo, R$ 300 mil; Santa Rita do Pardo, R$ 400 mil; São Gabriel do Oeste, R$ 600 mil; Selvíria, R$ 400 mil; Sete Quedas, R$ 500 mil; Sidrolândia, R$ 600 mil; Sonora, R$ 500 mil; Tacuru, R$ 500 mil; Taquarussu, R$ 300 mil; Terenos, R$ 500 mil; Vicentina, R$ 400 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Pfizer entrega mais 1,3 milhão de doses de vacina ao Brasil
CULTURA
Festival da Literatura Indígena terá palestras, oficinas e música
ECONOMIA
Crescem reclamações sobre cobranças indevidas de crédito consignado
POLÍCIA
PMA de Dourados prende e autua dois pescadores por pesca e transporte de pescado ilegal