Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021

Fetems e Governo não chegam a acordo sobre reajuste salarial

Fetems e Governo não chegam a acordo sobre reajuste salarial

07 dezembro 2012 - 13h40
Douradosnews

A reunião entre uma comissão da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), o governador, André Puccinelli (PMDB), e representantes da SED (Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul), acabou no início da noite desta quinta-feira (6), sem um fechamento do acordo em relação ao índice de reajuste salarial dos professores da rede pública estadual de ensino para o ano de 2013. Uma nova rodada de negociações foi marcada para esta sexta-feira (7), às 9 horas, na governadoria.

De acordo com o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli Cesar, a proposta governamental não atendeu as expectativas da categoria, por isso foi rejeitada. "Ainda não entramos em um acordo, mas acreditamos que amanhã avançaremos na finalização da proposta que iremos debater com a categoria”, ressaltou.

Roberto Botareli explicou ainda que existem três cenários que estão sendo analisados pela categoria e debatidos com o Governo:

A reposição do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) em janeiro e a diferença do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica) no mês de maio, pois será neste mês que a direção da Federação estará debatendo também o reajuste salarial dos administrativos da educação e no cenário nacional já terá uma política de reajuste salarial do Piso Nacional mais concreta; A segunda hipótese leva em consideração a data base no mês de maio, dessa forma seria o INPC dos últimos 17 meses, mais a diferença do Fundeb; E o terceiro que considera a reposição do INPC em janeiro, mais a diferença do Fundeb em maio e a discussão de incorporação de parte da regência.

Participaram da negociação representando a Fetems: a secretária adjunta, Deumeires Batista, o diretor de assuntos juridios, Amarildo do Prado, o diretor de finanças, Jaime Teixeira e a representante do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Ponta Porã, Denize Oliveira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS