Menu
Busca domingo, 28 de novembro de 2021

Ministro diz que meta de criação de emprego em 2011 não será cumprida

10 setembro 2011 - 08h20Por Fonte: Matéria
Ministro diz que meta de criação de emprego em 2011 não será cumprida


A meta de geração de 3 milhões de novos empregos em 2011 não será cumprida, segundo informou nesta sexta-feira o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Ele afirmou que já está revisando para baixo a estimativa feita no começo do ano.
"A tendência é que esse ano não seja tão bom quanto a gente esperava. Vai ficar um pouco menos de 3 milhões. Estamos fazendo os cálculos e vamos divulgar na semana que vem", afirmou ele sem detalhar qual seria a nova projeção.


Lupi explicou que a geração mensal de vagas está num ritmo menor agora por conta de uma desaceleração da economia e da forte entrada de produtos importados, que está prejudicando as contratações na indústria.

Lupi acrescentou ainda que os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) de agosto mostrarão uma geração de aproximadamente 200 mil novos postos de trabalho. O ministro destacou que o resultado é pior do que os cerca de 250 mil gerados um ano antes, porém melhor do que o observado em julho, que foi de 140.563.

"Estamos tendo um agosto melhor do que julho porque já começam algumas contratações mirando o final do ano, como nas indústrias de gênero alimentícios, construção civil e comércio. Mais ainda não temos o ritmo do ano passado". acrescentou ele.

O ministro defendeu ainda a continuidade da queda na taxa básica de juros do país como forma de estimular o investimento e novas contratações.

"Acho que isso seria importante para ajudar a aquecer a economia. Seria uma demonstração clara, apostando no consumo interno, e uma proteção da indústria nacional. Tenho certeza que os juros vão continuar caindo", afirmou ele ao participar de um evento no Rio de Janeiro.

Na semana passada, o Copom (Comitê de Política Monetária) surpreendeu ao reduzir a Selic em 0,50 ponto percentual, para 12% ao ano. A direção da autoridade monetária, explicitada na ata da reunião divulgada nesta quinta-feira, é de que novos cortes virão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Educação financeira é estimulada no projeto "Essências" na EE Jorge Amado
SAÚDE
Pesquisa busca voluntários para testar tratamento para câncer de pênis
ESTADO
Agepen conclui formação de alunos das áreas de Administração, Finanças, Assistência e Perícia
SAÚDE
Covid-19: o que se sabe até agora da variante Ômicron