Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
LEGISLATIVO DE MS

Neno Razuk pede para Agepan adiar reajuste anual nas contas de água

06 julho 2021 - 12h00Por Assessoria de comunicação

O deputado Neno Razuk (PTB) solicitou a Agência Estadual de Regulação e Serviços Públicos (AGEPAN) um estudo de viabilidade técnica e econômica para adiar o reajuste anual nas contas de água e esgoto nas cidades de Mato Grosso do Sul que são atendidas pela Sanesul. O pedido feito por meio de indicação aponta que o reajuste, caso ocorra, deve ser feito em duas etapas, a primeira em janeiro de 2022 e segunda em julho de 2022.

Conforme a solicitação feita por Neno, a população sofreu impactos econômicos devido a pandemia de Covid-19 e muitas famílias ainda não conseguiram estabelecer uma renda fixa , de forma que mesmo as concessionárias oferecendo a tarifa social, o reajuste vai pesar no bolso do consumidor. 

“Isso aumenta o risco de atrasados no  pagamento das contas de águas e esgoto sanitário.”, lembra o parlamentar. 

Além disso, o parlamentar ressalta que o texto pede que o reajuste que seria aplicado neste mês, fosse adiado para janeiro de 2022 e julho de 2022, dividindo a porcentagem em duas etapas. 

“É de conhecimento das concessionárias que o Governo do Estado e os gestores municipais estão com programa de parcelamento das contas de água, alguns até com suspensão de corte de fornecimento. Mas a situação econômica ainda está complicada, tanto para o consumidor e para empresa que precisa suprir o déficit. Nesse sentido, adiar o reajuste vai fazer com que os usuários destes serviços continuem adimplentes e dará uma ‘folga’ até que o valor realmente seja aplicado”, falou Neno sobre a solicitação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais
TURISMO
Fundtur dobra o valor para eventos geradores de fluxo turístico em todo o Mato Grosso do Sul
PONTA PORÃ
PM apreende mais de meia tonelada de maconha, um veículo e prende dois homens
LEGISLATIVO DE MS
Pautadas cinco propostas para votação na Ordem do Dia desta quinta-feira