Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021

Preços gerais da economia voltam a registrar alta em agosto

06 setembro 2011 - 15h00
Preços gerais da economia voltam a registrar alta em agosto

Agência Brasil

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) voltou a subir em agosto e fechou o mês com alta de 0,61%. Em julho, o índice havia registrado deflação (queda de preços) de 0,05%. O dado foi divulgado hoje (6) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano, o IGP-DI acumula alta de 3,52%, e nos últimos 12 meses, de 7,81%.

A elevação em agosto foi influenciada pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que ficou em 0,77%, depois de cair 0,13% em julho. Ficaram mais caros na passagem de um mês para o outro os alimentos processados (de 1,18% para 3,35%), os materiais e componentes para a manufatura (de -0,84% para -0,58%), o minério de ferro (de -1,51% para 2,10%), a soja em grão (de 0,36% para 2,69%) e a cana-de-açúcar (de -0,90% para 2,17%).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) também registrou alta, passando de –0,04% para 0,40%. Quatro das sete classes de despesa que o compõem apresentaram acréscimo em suas taxas de variação, com destaque para alimentação (de -0,67% para 0,80%), especialmente frutas (de -1,99% para 7,47%), carnes bovinas (de -0,23% para 1,67%) e hortaliças e legumes (de -5,41% para -4,15%).

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) foi o único a registrar decréscimo na taxa, passando de 0,45% para 0,13%. O movimento foi influenciado pelos materiais e equipamentos (de 0,29% para 0,16%) e pelo custo da mão de obra (de 0,59% para 0,04%). Por outro lado, os serviços ficaram mais caros (de 0,34% para 0,47%).

O IGP-DI de agosto foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 31 de agosto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIA DO CAMPO
Infraestrutura amplia competitividade do agro que registra números positivos mesmo na pandemia
ECONOMIA
Banco Central abre consultas para saques e trocos via Pix
SAÚDE
Campanha de vacinação contra gripe termina 1ª fase com 8% imunizados
MAUS-TRATOS
PMA de Bonito autua em R$ 2 mil homem de 24 anos que carregou e matou cachorro do irmão por vingança