Menu
Busca sexta, 24 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
LEGISLATIVO DE MS

Presos poderão pagar pelo uso de tornozeleira eletrônica

02 setembro 2021 - 11h30Por ALEMS

O deputado estadual João Henrique (PL) apresentou na sessão ordinária desta quinta-feira (2), Projeto de Lei que institui, no Estado de Mato Grosso do Sul, a cobrança, a título de compensação financeira, pelo uso oneroso de equipamentos de monitoração eletrônica.

Conforme dados da Unidade Mista de Monitoramento Virtual Estadual (UMMVE), em novembro de 2020, foram dois mil monitorados ativos. Em relação ao mesmo período de 2019, houve um aumento de 14%. Em virtude da pandemia do novo  coronavírus, atualmente são 2.492 monitorados em Mato Grosso do Sul.

O custo mensal unitário de uma tornozeleira eletrônica é em torno de R$ 255 para o cofre público. “Com a aprovação do projeto, o Estado poderá oferecer aos apenados que tiverem o direito ao uso de monitoramento eletrônico, uma solução adequada e que vem ao encontro dos anseios sociais para que o custo do sistema prisional fique por conta daqueles que tenham condições financeiras de custear suas penas”, disse o deputado.

O projeto considera monitoração eletrônica a vigilância telemática posicional à distância de pessoas sob medida cautelar, medida protetiva ou condenadas por sentença transitada em julgado, executada por meios técnicos que permitam indicar a sua localização.

A cobrança pelo equipamento terá o valor definido por ato do Poder Executivo. Aos condenados comprovadamente hipossuficientes poderá ser concedida a isenção de pagamento, mediante decisão fundamentada da autoridade competente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Estado já tem 1.688 barragens regularizadas junto ao Imasul, maioria de pequeno porte
POLÍCIA
Homem é preso em flagrante por policiais civis suspeito de tentar estuprar a própria sobrinha
SAÚDE
ANS: cai ocupação de leitos de UTI para atendimento à covid-19
CRIME AMBIENTAL
PMA autua infrator em R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis