Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021

Um novo partido comprometido com a mudança do Brasil

Um novo partido comprometido com a mudança do Brasil

25 setembro 2013 - 14h20
Divulgação (TP)

Surge no cenário político brasileiro o Partido Republicano da Ordem Social (PROS), uma nova legenda que nasceu da vontade de mudar a forma como a política hoje é desenvolvida no Brasil.

Nascido de uma cidade do interior do Brasil, no planalto central (Planaltina de Goiás), o PROS é a prova da estabilidade democrática do país, pois permitiu que cidadãos, preocupados e cansados dos problemas que o Brasil tem vivido, empenhassem suas vidas em uma árdua missão, a de criar um partido político diferente, sem vícios, sem demagogia e, verdadeiramente, preocupado com a construção de uma nova ordem social.

O processo de construção deste sonho durou cerca de quatro anos, em que seus fundadores, após intenso e constante debate sobre os problemas, injustiças e desordens da nação, viram como saída para mudar esse quadro a criação de um novo partido. Encontrada a alternativa, foi lançado o desafio.

Cumpridas as primeiras etapas – elaboração e registro do estatuto e programa na capital federal – seus membros saíram Brasil a fora com um discurso em suas mentes e um desejo em seus corações (mudar o Brasil) para buscarem as assinaturas de apoio. Na caminhada encontraram muitos desafios, mas também um sorriso aberto do povo que ao final desse processo concedeu mais 1,5 milhões de assinaturas ao PROS.

O número do PROS é o 90 e a principal proposta do partido é a redução de impostos, pois atualmente as altas cargas tributárias tem atrasado o desenvolvimento do Brasil e causado uma grande injustiça social, pois as pessoas com menos renda, proporcionalmente, são as que mais pagam impostos e consequentemente são as mais prejudicadas. “Queremos mudar o desfecho dessa história e beneficiar a toda sociedade brasileira”, afirma o presidente da sigla Eurípedes Júnior.

Antes mesmo de ter o registro aprovado, o Pros já tinha diretório nacional, site, programa e até hino. O partido diz que foi gestado há quatro anos, quando seus fundadores viram na criação da sigla a melhor forma de resolverem os "problemas, injustiças e desordens da nação".

A principal proposta da legenda é a redução dos impostos. Em seguida, aparecem o combate à corrupção, ao desemprego e à desigualdade social. O Pros propõe a criação do Imposto Único Federal (IUF) para reunir tributos municipais, estaduais e federais.

Para 2014, a legenda almeja contar com cinco candidatos a governador e eleger ao menos 20 deputados federais. Entre os parlamentares cotados para migrar à sigla estão Ademir Camilo (PSD-MG), Henrique Oliveira (PR-AM), Major Fábio (DEM-PB) --que pretendem disputar os governos do Amazonas e da Paraíba, respectivamente--, Izalci Lucas (PSDB-DF), Ataídes Oliveira (PSDB-TO) e Salvador Zimbaldi (PDT-SP).

O presidente do Pros é Euripedes Gomes de Macedo Junior, que já foi filiado ao PSL de Goiás. Especula-se que o novo partido possa atrair os irmãos Cid e Ciro Gomes, ambos do PSB, insatisfeitos com a possível candidatura de Eduardo Campos à Presidência.

Hoje, o PROS convida a todos para conhecer suas ideias e propostas para promover a mudança que o Brasil precisa.

Em Campo Grande Mato Grosso do Sul o PROS esta em busca de pessoas que simpatizam com o novo partido e que pretendem sair candidatos na eleições de 2014 a deputado estadual e federal, e todos aqueles de Mato Grosso do Sul que querem fazer parte desta família que é o PROS é só entrar em contato pelos fones 67-8456-9691/ 9954-1895/9273-6075

O PROS também vai convidar vereadores que não estão satisfeitos em seus partidos, pois o PROS é uma opção como janela para escapar da jaula, como é o mais novo partido do Brasil,o politico com mandato poderá se filiar sem medo de perder o mandato.

Para mais informações sobre o PROS acesse a pagina
https://www.facebook.com/prosmatogrossodosul

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÃO DE GOVERNO
Novas leis estaduais promovem educação e bem estar econômico-social em MS
POLÍCIA
PM atende ocorrências de violência doméstica na madrugada e prende cinco pessoas
TURISMO
Termina na quarta-feira pesquisa da Agepan e Fundtur para projeto de melhoria do transporte turístic
EDUCAÇÃO
Termina as 23h59 deste domingo (26) o prazo para participantes isentos que não compareceram ao Exame