Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021

Reinaldo propõe à bancada de MS prioridades para a LDO 2015

Reinaldo propõe à bancada de MS prioridades para a LDO 2015

20 novembro 2014 - 08h30Por Dourados News
Em reunião na noite de ontem (18) com a bancada federal de Mato Grosso do Sul, em Brasília, o deputado federal e governador eleito Reinaldo Azambuja propôs aos parlamentares que priorizem quatro áreas nas emendas ao Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (LDO 2015).

São elas: a atenção especializada em Saúde, a infraestrutura econômica do Estado, a Estrada de Ferro 484 (Ferroeste), que deve passar por Dourados, Naviraí, Mundo Novo, Guaíra, Cascavel até o Porto de Paranaguá, no Paraná e a ramificação da Estrada de Ferro 267 (Norte-Sul) que liga Mato Grosso do Sul a São Paulo, passando por Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu, Nova Andradina, Angélica, Deodápolis, Dourados, Maracaju até Porto Murtinho.

As propostas apresentadas pelo governador eleito foram acolhidas pela bancada. “A bancada deve se unir, fazer as emendas e colocar na LDO. Com as emendas na LDO, podemos ter recursos orçamentários para esses investimentos que são muito importantes para o Estado”, disse Reinaldo.

Parceria com Mato Grosso

Ainda na tarde de terça-feira, Reinaldo recebeu em seu gabinete prefeitos, parlamentares e agentes comunitários de saúde. Também esteve com o governador eleito de Mato Grosso, senador Pedro Taques.

Ambos estudam projetos em conjunto entre os dois estados, especialmente nas áreas de saúde, segurança pública e infraestrutura. Em janeiro, eles devem se reunir novamente para aprofundar o tema e discutir o desenvolvimento regional dos dois estados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Telessaúde credencia profissionais de Web Designer com remuneração de R$ 3 mil
MS
Beneficiários do Mais Social terão que participar de curso profissionalizante
EDUCAÇÃO
Matrícula para curso de medicina da UEMS pode ser feita até dia 26 de abril
PONTA PORÃ
Força Tática do 4º BPM intercepta comboio de veículos transportando mercadorias não legalizadas