Menu
Busca quarta, 23 de junho de 2021

TSE diz que vai aplicar Lei da Ficha Limpa nessas eleições

21 maio 2012 - 10h30Por Douranews
A ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), garante que o Tribunal federal e todos os Tribunais Regionais Eleitorais estão qualificados para aplicar os dispositivos da Lei da Ficha Limpa nas eleições municipais deste ano. Ela participou do encontro com juízes eleitorais e servidores do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) na sexta-feira (18).

Juntamente com o presidente do TRE-PR, desembargador Rogério Luis Nilsen Kanayama, e com o corregedor, desembargador Rogério Coelho, a ministra conversou com os juízes e funcionários sobre alguns temas pertinentes às eleições deste ano. “É um dever meu para com o Brasil dar início a essa caminhada que quero fazer especialmente voltada a toda Justiça Eleitoral pelo Paraná”, disse ela.

Defensora da liberdade de imprensa, a ministra ressaltou que no processo eleitoral é preciso assegurar o direito à liberdade de expressão, focando o tema no uso das mídias sociais. Ela lembrou que foi voto vencido no TSE no julgamento do uso do Twitter pelos políticos. No entendimento da maioria dos ministros, o uso dessa ferramenta virtual por candidatos caracteriza campanha eleitoral antecipada. Cármen Lúcia é a favor desse instrumento.

A ministra enfatizou ainda que “o direito é vivo e devemos nos aperfeiçoar em reuniões e conversas sobre o tema, pois a sociedade atualmente está mais atuante e necessita de informação”.

Ela elogiou o trabalho do TRE/PR, que obteve o grande êxito no recadastramento biométrico dos eleitores de Curitiba. Cámen Lúcia também enfatizou o empenho de todos juízes e servidores para a concretização do projeto. “Curitiba é um exemplo para todo o Brasil em um grande projeto como a biometria”, afirmou.

Ela destacou ainda a relevância da biometria para as eleições brasileiras e ressaltou o empenho do TSE para que essa tecnologia alcance todo o Brasil. “Ofereço a certeza de que o Tribunal Eleitoral estará, sob a minha direção, integralmente com os senhores para que a gente leve a cabo agora, no dia das eleições, aquilo que foi iniciado com o recadastramento biométrico e, com isso, fazer com que tenhamos mais uma etapa vencida para que todo os demais Estados do Brasil venham a contar com essa nova tecnologia que pode melhorar enormemente o processo eleitoral, para que o Brasil continue a ser um exemplo para todos”.

No início da noite, a ministra proferiu palestra no 3º Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral, que tem como tema “As Eleições Municipais e a Lei da Ficha Limpa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul já vacinou 51,8% da população adulta contra Covid-19
BATAGUASSU
Polícia Civil realiza orientações e verificações preventivas em parceria com PRF
CORONAVÍRUS
Sistema de Regulação aponta que de 10 internados em UTI em Campo Grande, 8 são do próprio município
COSTA RICA
Polícia Civil prende em flagrante traficante de drogas pela quarta vez em menos de 2 anos