Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

Eduardo Romero foi eleito para seu primeiro mandato em Campo Grande.

Ele percorreu 12,5 quilômetros e chegou acompanhado por outros ciclistas.

02 janeiro 2013 - 13h30
G1 MS

O vereador Eduardo Romero (PT do B) chegou de bicicleta para a cerimônia de posse do prefeito e dos vereadores eleitos de Campo Grande, realizada nesta terça-feira (1º), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. Ele percorreu 12,5 quilômetros e chegou ao local por volta das 17h, acompanhado por outros 32 ciclistas. Para participar da cerimônia, ele trocou as roupas esportivas pelo terno.

Romero foi eleito para o seu primeiro mandato com 3.506 votos. Após tomar posse do cargo, ele fez um discurso em nome dos novos vereadores. Em sua fala, ele afirmou que o incentivo ao uso misto dos meios de transporte será uma das metas de seu mandato e ainda se comprometeu a usar a bicicleta e o transporte coletivo uma vez por semana para ir para o trabalho.


Ainda em seu discurso, Romero saudou os outros 15 novos parlamentares e destacou a diversidade dos vereadores que irão compor o legislativo de Campo Grande em 2013. “Contaremos com políticos muito experientes, como um ex vice-prefeito e até um ex-governador” disse ele se referindo aos vereadores Edil Albuquerque (PMDB) e Zeca (PT).

“Também contaremos com representantes que atuam na saúde, na educação, na cultura e também com novos políticos. Assim será a nossa Câmara de Vereadores, diversa”, acrescentou o Romero.

Após a fala de Romero, o vereador Paulo Pedra (PDT) fez um discurso em nome dos 13 vereadores reeleitos. Em seguida, o parlamentar Paulo Siufi (PMDB), atual presidente da Câmara dos Vereadores, fez uma breve fala e encerrou a solenidade de posse dos representantes do legislativo.

O vereador Mário César (PMDB) foi eleito, na noite desta terça-feira (1º), presidente da Câmara Municipal de Campo Grande para o biênio 2013/2014. O chapa encabeçada pelo peemedebista derrotou a da vereadora Professora Rose (PSDB) por 20 votos a 9. Com isso, o legislativo fica sob o comando do grupo de oposição ao prefeito Alcides Bernal (PP).

A vice-presidência da Casa ficou com Flávio César (PTdoB). Paulo Siufi (PMDB), que até então presidia a Câmara, ficou como 2º vice-presidente e Alceu Bueno (PSL), na 3ª vice-presidência. Os secretários da nova mesa diretora - 1º, 2º e 3, respectivamente - são Delei Pinheiro (PSD), Carlão (PSB) e Paulo Pedra (PDT).

Em seu primeiro discurso como presidente na tribuna, Mário César destacou que vai lutar muito para que o legislativo seja reconhecido por Campo Grande.

“Vamos fazer realmente o que minha chapa fala, um legislativo forte, para poder dar a contribuição que Campo Grande merece”, afirmou o peemedebista, garantindo que vai conversar com o prefeito nesta quarta-feira (2) “porque não existe o trabalho do Executivo separado do Legislativo”.

Candidata da situação para presidir a Câmara, Professora Rose destacou que entrou na disputa para atender pedidos do grupo político que pertence. “Foi bem positivo o processo, a Casa ganhou com essa disputa”. Questionada se seria uma líder natural de Bernal no legislativo, afirmou que isso ainda não foi definido.

Após a eleição, os vereadores participaram da primeira sessão sob o comando da nova mesa diretora. Os trabalhos na Câmara voltam no dia 15 de fevereiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular