segunda, 22 de julho de 2024
GESTÃO

Agems facilita viagem segura nas férias com fiscalização, tecnologia e informações ao passageiro

11 julho 2024 - 11h00Por Agência de Notícias de MS

O mês de julho chegou e, por conta das férias escolares, muitas famílias programam viagens para esse período. Se o passeio vai ser feito de ônibus entre cidades de Mato Grosso do Sul, é importante tomar uma série de cuidados para garantir uma viagem segura e aproveitar as ferramentas que a Agência Estadual de Regulação (Agems) disponibiliza.

A Agência alerta para a importância de utilizar o transporte legalizado, conferir a disponibilidade de horários, comprar o bilhete com tranquilidade e saber de seus direitos como usuário.

"O transporte intermunicipal mais seguro para viajar é aquele sujeito às rigorosas inspeções e manutenções, conduzido por motoristas habilitados e qualificados, e obedecendo os critérios determinados. E o passageiro pode contribuir para que a viagem saia com o conforto e a segurança que ele espera. Com informação, com os cuidados necessários", orienta a diretora de Transportes, Caroline Tomanquevez. "E em caso de qualquer problema, temos os nossos canais de Ouvidoria para tirar dúvidas, fazer denúncia ou reclamação".

Inovação

A inovação promovida pela Agems trouxe agora para a mão do passageiro o aplicativo MS Trip, que facilita o planejamento da viagem. A ferramenta reúne todos os operadores legalizados, e o usuário pode pesquisar horários, linhas e até mesmo acessar links para páginas de venda de bilhete de algumas empresas, quando esse serviço on line está disponível.

Com informação, planejamento e contando com a tecnologia, a viagem das férias fica mais prática e segura. Confira as principais dicas da Agems: 

  • Bilhete - Só adquira o bilhete em pontos oficiais de venda e somente com empresas cadastradas. A compra deve ser feita em pontos autorizados e em links oficiais. A emissão do Bilhete de Passagem Eletrônico é obrigatória e é um direito do passageiro ter em mãos esse
  • Segurança – Antes do veículo partir, afivele o cinto de segurança. Muitos passageiros não têm no transporte público o mesmo cuidado que têm nas viagens de automóvel. Mas o risco de ferimentos ou até de morte em acidente com vans e ônibus é o mesmo que nos carros de passeio
  • Todos sentados - Apenas em viagens com característica urbana, que utilizam ônibus modelo urbano (como Ladário/Corumbá, Jardim/Guia Lopes da Laguna, ou Aquidauana/Anastácio) é permitido viajar passageiro em pé. Nas linhas com distância maior, todos devem estar sentados
  • Viagem em fretamento - Para viajar com uma empresa de fretamento turístico, o passageiro também conta com transportadores credenciados pela AGEMS. Nesse caso, não pode ser comprado bilhete avulso, porque o serviço é um pacote fechado para um grupo

Fiscalização

O trabalho da Agems é permanente para verificar se transportadores legais estão cumprindo as normas e para coibir ação clandestina. Em épocas de maior movimentação, essa ação é fortalecida.

"Neste período de férias, as operações são intensificadas nas fiscalizações permanentes e nas ações volantes para garantir um transporte seguro aos nossos usuários", informa a coordenadora da Câmara Técnica de Fiscalização, Aline Melo.

Para informações, reclamações ou denúncias, o passageiro conta com os canais da Ouvidoria da Agems:

Deixe seu Comentário

Leia Também

Início de operação da fábrica de Ribas do Rio Pardo consolida MS como vale da celulose

ECONOMIA

Mercado voluntário de carbono no Brasil recua em 2023

Dados são do Observatório de Bioeconomia da FGV

BRASIL

Conab recebe mais R$ 115 milhões para apoio à comercialização da agricultura familiar

DIREITOS HUMANOS

Cimi: políticas públicas ainda não frearam violência contra indígenas

Relatório cita fortalecimento e retomada de ações de fiscalização