Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021

Comissão decide dar continuidade no Aquário do Pantanal

Comissão decide dar continuidade no Aquário do Pantanal

19 janeiro 2015 - 10h08
A Comissão Temporária que analisa a legalidade e o andamento do projeto Aquário do Pantanal decidiu dar continuidade ao empreendimento, mas concluiu que a administração anterior não deixou todo o recurso anunciado para terminar a obra. Segundo o secretário de Estado de Infra-Estrutura, Ednei Marcelo Miglioli, R$ 3,8 milhões ainda não estão garantidos nas contas do governo do Estado. A avaliação foi feita pelo após reunião na tarde de sexta-feira (16) entre os membros da comissão.

Inicialmente o Aquário do Pantanal teria custo de R$ 87 milhões. Porém já foram gastos R$ 173 milhões. Dos R$ 34 milhões empenhados pela administração anterior para a conclusão da obra, R$ 3,8 milhões ainda não estão garantidos no caixa do governo estadual.

Segundo Marcelo Miglioli, o governo buscará alternativas para completar o empenho financeiro ao longo do processo, garantindo a finalização da obra sem atrasos. Porém, serão observados também ao longo do processo os relatórios da Comissão, que determinarão alterações na condução do empreendimento.

Mesmo com a continuidade dos trabalhos da Comissão, que avalia a legalidade da concessão, contratos em geral, custos, estrutura de engenharia e segurança, as obras continuarão. De acordo com o secretário, não faz parte da visão de governo manter projetos parados, prejudicando a população.

A comissão que avalia a obra é composta por 11 membros, sendo seis indicados pelo governo de Mato Grosso do Sul e cinco por representantes convidados do Ministério Público Estadual; Tribunal de Contas do Estado; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB -MS); Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-MS) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-MS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREDOR BIOCEÂNICO
Após suspensão de licitação, governo requisita novo cronograma para obra de ponte sobre Rio Paraguai
JUSTIÇA
STF confirma decisão que determinou a abertura de CPI da Pandemia
POLÍTICA
Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos
NAVIRAÍ
Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas