Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Sanesul - Ranking Valor Econômico
DESENVOLVIMENTO

Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS

24 setembro 2021 - 14h00Por Portal Governo MS

O consórcio Paraguai-Brasil, composto pelas empresas Tecnoedill Constructora S.A, Cidade Ltda e Paulitec Construções venceu a o Edital de Licitação Pública Internacional e será o responsável pela construção da ponte sobre o rio Paraguai que ligará as cidades de Porto Murtinho e Carmelo Peralta e se constitui como o principal elo da Rota Bioceânica.

A contratação foi homologada nesta sexta-feira (24) em reunião da Comissão Mista Brasil-Paraguai, da qual a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) faz parte. O valor contratado é de 616.386.755,744 guaranis, o que equivale a 89,5 milhões de dólares na cotação atual, pagos pela Itaipu Binacional.

"Para nós é uma alegria ver esse projeto se tornando realidade. Sonho antigo dos brasileiros e paraguaios, a construção dessa ponte vai definitivamente integrar nossos países, diminuindo distâncias para nossas exportações e importações, tanto brasileiras quanto paraguaias e também da Argentina e do Chile. Por meio dessa primeira integração Atlântico-Pacífico também vamos conectar ainda mais nossas culturas e turismo. É sem dúvidas um grande projeto para Mato Grosso do Sul", ressalta o governador Reinaldo Azambuja. 

Titular da Semagro, o secretário Jaime Verruck participou da reunião que homologou a contratação junto com o assessor de logística, Lúcio Lagemann, e destaca que a empresa terá prazo de 1080 dias para execução da obra assim que os processos legais sejam concluídos e a expectativa é de lançar a Pedra Fundamental das obras ainda em 2021.

“Esta é uma reunião histórica para Mato Grosso do Sul que marca o início da consolidação da Rota Bioceânica, muito aguardada por ter potencial para impulsionar o desenvolvimento dos quatro países envolvidos, na medida em que facilita o incremento do comércio interno e das exportações via Oceano Pacífico para a Ásia e Estados Unidos”, afirma.

Participaram da reunião o Diretor do Departamento de América do Sul, ministro João Marcelo Galvão de Queiroz e o vice-ministro de relações exteriores do Paraguai, Raul Silverio. Em abril de 2020, a Comissão Mista Brasil-Paraguai aprovou a contratação do Consorcio Prointec para realizar estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, o projeto final de engenharia, cadastramento e fiscalização no contexto da construção da ponte sobre o Rio Paraguai, entre os municípios de Carmelo Peralta e Porto Murtinho e trabalhos complementares.

Conforme o projeto, a ponte terá um comprimento de 680 metros, com 380 metros de luz livre, 22 metros de altura, duas torres com 100 metros de altura, viadutos de 150 metros em ambos os lados e pilares de luz a cada 30 metros. A estrutura terá duas pistas de rolagem de veículos de passeio e caminhões, com 12,5m de largura, além de duas passagens nas laterais, com 2,5m cada uma, para o trânsito de pedestres e ciclistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministério da Saúde já está desabilitando leitos de terapia intensiva
SAÚDE
Mais de 18 milhões de brasileiros que já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid
ECONOMIA
Arrecadação federal cresce 12,9% e bate recorde em setembro
CAMPO GRANDE
Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão contra autor de Homicídio Tentado