Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
Dia da árvore - Setembro 2021
CORREDOR BIOCEÂNICO

Dois consórcios disputam licitação para construir ponte da Rota Bioceânica em Murtinho

16 julho 2021 - 17h15Por Portal Governo MS

Dois consórcios compostos por empresas brasileiras e paraguaias disputam a licitação para construir a ponte sobre o rio Paraguai que ligará as cidades de Porto Murtinho e Carmelo Peralta e se constitui no principal elo da Rota Bioceânica, a via que atravessa Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, unindo os oceanos Atlântico e Pacífico. O valor orçado da obra é de US$ 97,7 milhões e será financiado pela Usina Hidrelétrica de Itaipu. As ofertas apresentaram deságio de 5% e 8% e agora serão analisadas para se chegar ao consórcio vencedor.

“É um passo importante, sinaliza com o início da construção ainda no segundo semestre e está mantida a previsão de concluir a ponte em três anos”, comemorou o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) de Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck. Ele destaca que a Rota Bioceânica é muito aguardada porque deve impulsionar o desenvolvimento dos quatro países envolvidos, na medida em que facilita o incremento do comércio interno e das exportações via Oceano Pacífico para a Ásia e Estados Unidos.

O consórcio Paraguai-Brasil, composto pelas empresas Tecnoedill Constructora S.A, Cidade Ltda e Paulitec Construções, propõe-se a construir a ponte pelo custo de US$ 89.787.010, deságio de 8,14% em relação ao valor orçado (U$ 97.743.517). O consórcio Puente Bioceánico, integrado pelas empresas Ocho A AS e a Construtora Queiroz Galvão SA apresentou a proposta de U$ 92.847.527, redução de 5,01% do valor orçado.

Verruck acredita que na próxima semana já seja divulgado o nome do vencedor da licitação, para que os procedimentos de início das obras sejam tomados. Conforme o projeto, a ponte terá um comprimento de 680 metros, com 380 metros de luz livre, 22 metros de altura, duas torres com 100 metros de altura, viadutos de 150 metros em ambos os lados e pilares de luz a cada 30 metros. A estrutura terá duas pistas de rolagem de veículos de passeio e caminhões, com 12,5m de largura, além de duas passagens nas laterais, com 2,5m cada uma, para o trânsito de pedestres e ciclistas.

 

Providências

A obra tem merecido atenção máxima das autoridades do Brasil e do Paraguai, e especiais esforços do governo de Mato Grosso do Sul. Em junho de 2018, o Decreto Legislativo Nº 110 aprovou o texto do Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República do Paraguai para a Construção de uma Ponte Rodoviária Internacional sobre o Rio Paraguai entre as Cidades de Porto Murtinho e Carmelo Peralta.

No dia 21 de dezembro de 2018, o então presidente do Brasil, Michel Temer, e o do Paraguai, Mario Abdo Benítez, assinaram a autorização para a construção de duas pontes com recursos de Itaipu Binacional, sendo uma das pontes a referida Ponte Internacional sobre o Rio Paraguai em Porto Murtinho/MS.

Em abril de 2020, a Comissão Mista Brasil-Paraguai aprovou a contratação do Consorcio Prointec para realizar estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, o projeto final de engenharia, cadastramento e fiscalização no contexto da construção da ponte sobre o Rio Paraguai, entre os municípios de Carmelo Peralta e Porto Murtinho e trabalhos complementares.

No dia 12 de março deste ano foi publicado o Edital de Licitação Pública Internacional e hoje (16-07), as propostas das empresas interessadas na obra foram conhecidas. A expectativa é de que o consórcio vencedor seja declarado na próxima semana e em seguida seja assinada a Ordem de Serviços para início das obras.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO
Audiência Pública debate "O Compartilhamento das Vias e a Proteção à Vida"
ECONOMIA
Governo zera alíquotas de tributos incidentes na importação de milho
REGIÃO
Polícia Militar e Polícia Civil apreendem adolescente por direção perigosa e desobediência
NOTÍCIAS
Plataforma no portal do TJMS facilita busca de veículos apreendidos