Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021

Governador se reúne com MST e se compromete a ampliar diálogo

03 fevereiro 2015 - 09h30Por CG News
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) recebeu na manhã desta segunda-feira (2) dirigentes estaduais do MST-MS (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Mato Grosso do Sul) para debater temas relacionadas à reforma agrária. Durante o encontro, Azambuja, que é produtor rural, se complementou a ampliar o diálogo e estreitar as relações com os movimentos de luta pela terra.




Um dos assuntos discutidos ainda durante a reunião foi a reintegração de posse da Usina Sucroenergética Agrisul Agrícola, no distrito de Quebra Coco, em Sidrolândia, realizada no dia 29 de janeiro.

Os dirigentes denunciaram a ação truculenta da policia no despejo das 140 famílias na ação e também trataram de outros temas relacionados à Reforma Agrária no Estado e a situação estrutural dos assentamentos do Estado.
Segundo Jonas Carlos da Conceição, dirigente nacional do MST-MS, o debate e a negociação fazem parte do papel da direção do Movimento.

“Como representante das milhares de famílias Sem Terra do Estado, nós precisamos abrir o canal de diálogo, garantir a segurança das pessoas e principalmente lutar por avanços em diversos setores que atuamos”, explicou.
O dirigente disse ainda que a luta por Reforma Agrária do MST-MS, em seu sentido amplo continua.

“Queremos uma Reforma que dê condições dignas de vida para os assentados, continuamos não aceitando, de forma alguma, ações como a de quinta-feira, esperamos que o Estado tenha reconhecido sua falha e que situações como essa não voltem a acontecer. A única certeza que temos é a que a nossa luta continua sempre”, concluiu.

Carta para a Dilma - Nesta terça-feira (3), o MST/MS, participará do ato de lançamento da Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande, onde está articulando a entrega de um documento a presidente, Dilma Rousseff (PT), sobre a situação da Reforma Agrária em Mato Grosso do Sul e também denunciará ações como a da reintegração de posse ocorrida na Usina de Quebra Coco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Telessaúde credencia profissionais de Web Designer com remuneração de R$ 3 mil
MS
Beneficiários do Mais Social terão que participar de curso profissionalizante
EDUCAÇÃO
Matrícula para curso de medicina da UEMS pode ser feita até dia 26 de abril
PONTA PORÃ
Força Tática do 4º BPM intercepta comboio de veículos transportando mercadorias não legalizadas