Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Jardim Itatiaia
MEIO AMBIENTE

Imasul e bombeiros iniciam ação preventiva contra incêndios nos parques estaduais

14 abril 2021 - 15h30Por Portal Governo MS

quipes do Corpo de Bombeiros se deslocaram na manhã desta quarta-feira (14) aos Parques Estaduais das Nascentes do Rio Taquari, em Alcinópolis, e das Várzeas do Rio Ivinhema, em Juti, com a missão de se tomar as medidas cabíveis para impedir que incêndios atinjam essas unidades de conservação. Na terça-feira da semana que vem outra equipe segue ao Parque Estadual de Rio Negro, no Pantanal, com a mesma finalidade.

Essa ação é inédita e surge como resposta à situação gravíssima que atravessou Mato Grosso do Sul no ano passado, com incêndios em praticamente todo o Estado, provocando destruição da flora e da fauna e prejudicando consideravelmente a qualidade do ar para a população em geral. O Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari, por exemplo, teve 70% de sua área destruída pelo fogo, e a devastação se espalhou também pela vizinhança.

“O foco é a prevenção. Para isso temos planejamento, temos inteligência, temos equipamentos e recursos, temos equipes e temos ação. Essa união de forças dos bombeiros com Imasul, Semagro, Defesa Civil, possibilita que a gente se antecipe e tome as medidas cabíveis para evitar que se repita o ocorrido no ano passado. Nessa semana ainda será publicado o Decreto do manejo integrado do fogo”, disse o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

Cada Guarnição de Combate a Incêndios Florestais (GCIF) terá à disposição para desenvolver seus trabalhos: uma viatura tipo camionete equipada com o kit de combate a incêndio florestal, rádios transmissores, abafadores, bombas costais e outros equipamentos específicos. Contarão ainda com o apoio importante de drones para sobrevoar regiões de difícil acesso e fazer as imagens.

Os bombeiros se juntam com os funcionários do Imasul que já atuam nos parques e formarão as equipes de prevenção e combate a incêndios. Estão sendo contratados, ainda, mais 5 profissionais para atuar em cada um desses três parques, disse o gerente de Unidades de Conservação do Imasul, Leonardo Tostes Palma.

“A ação acontece nesses parques porque são os maiores, têm mais de 30 mil hectares de área preservada e representam, cada um, um bioma diferente. O Parque do Rio Negro está localizado no Pantanal, o Parque das Nascentes do Taquari, no Cerrado e o Parque das Várzeas do Ivinhema, num trecho de Mata Atlântica. Isso demonstra de forma clara que Mato Grosso do Sul tem preocupação e age para preservar os três biomas, indistintamente”, disse o presidente do Imasul, André Borges.

No ato que marcou o início da operação, realizado pela manhã na sede do Imasul, foi apresentado pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Hugo Djan Leite, a viatura ABTF (Auto Bomba Tanque Florestal) recém adquirida pelo Governo do Estado e equipada com esguichos que permitem o resfriamento dos pneus e da carcaça em geral, para a eventualidade de precisar sair de um ambiente tomado pelo fogo. O Estado vai adquirir outras 11 unidades dessas, perfazendo investimento superior a R$ 10 milhões.

Parques

O Parque Estadual do Pantanal do Rio Negro foi criado em 2000 e tem uma área de 78.300 hectares abrangendo os municípios de Aquidauana e Corumbá. Sua área contempla ambientes representativos e diversificados característicos do Pantanal como lagoas permanentes, cordões de matas e o brejão do Rio Negro, os quais servem de refúgio e fonte de alimento a fauna local. Essas áreas periodicamente inundadas são consideradas como o berçário dos peixes do Pantanal.

O Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari foi criado em 1999 e se estende por 30.618 hectares dos municípios de Alcinópolis e Costa Rica, região de cerrado, florestas estacionais e cerradão. É famoso por guarnecer sítios arqueológicos que datam de 11 mil anos. São pinturas rupestres e petróglifos em cavernas. Há também registros de peaberus (antigas rotas dos povos pré-colombianos). É aberto à visitação acompanhada por monitores, possui trilhas, cachoeiras e cavernas e também recebe pesquisadores.

O Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema possui 73.345,15 hectares, está localizado na Bacia do Rio Paraná abrangendo os municípios de Jateí, Naviraí e Taquarussu. Criado em 1998, foi à primeira Unidade de Conservação do Estado assim constituída.  Hoje, o Parque tem estrutura para receber pesquisadores de várias áreas e está sendo adequado para receber visitação pública. Seus atrativos são trilhas, lagos e lagoas para observação de fauna e flora. Está equipado com sede, alojamento de visitantes e estradas para acesso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
Vítimas de naufrágio no Pantanal de MS faziam churrasco quando vendaval virou barco no rio Paraguai
GERAL
Ação global em defesa do clima reúne mais de 20 países
Evento terá shows simultâneos ao redor do mundo
SAÚDE
Comissão geral debate nesta terça-feira políticas públicas de apoio a vítimas de Covid-19
MEIO AMBIENTE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável