Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
YARIS SD DOURAMOTORS - OUTUBRO 2021
AGENDA

Reinaldo Azambuja discute avanços da rota bioceânica com embaixador do Paraguai

20 setembro 2021 - 15h30Por Portal Governo MS

A construção do corredor logístico que vai integrar a América do Sul e ligar Mato Grosso do Sul aos portos do Chile foi assunto de uma reunião nesta segunda-feira (20) entre o governador Reinaldo Azambuja e o embaixador do Paraguai em Brasília, Juan Angel Delgadillo.

“É a primeira visita que faço a um estado no Brasil e eu quis fazer a Mato Grosso do Sul. O governador explicou os projetos que estamos fazendo e o trabalho de Mato Grosso do Sul de integração com o Paraguai, as estradas que estão sendo concluídas na fronteira. Daqui a pouco vamos ter, se Deus quiser, tudo isso concluído. E discutimos a questão sanitária, o exemplo de Mato Grosso do Sul para o mundo na questão sanitária, que vai ajudar muito outros países”, disse o embaixador. Líder no país em imunização contra Covid-19, Mato Grosso do Sul está com 75,52% da população com pelo menos uma dose de vacina e 53,22% com a imunização completa. 

Reinaldo Azambuja falou sobre os laços de amizade que unem paraguaios e sul-mato-grossenses, o avanço da construção das pontes entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta e entre Foz do Iguaçu e Ciudad Del Este e também destacou a importância de uma legislação única entre Brasil, Paraguai, Argentina e Chile sobre a questão alfandegária para dar agilidade ao transporte de mercadorias. De acordo com o governador, 68% das exportações de Mato Grosso do Sul são destinadas a países asiáticos, como China, Índia, Indonésia e Cingapura. 

“Nós, que temos uma tradição e uma irmandade com o povo paraguaio, discutimos temas relevantes aos dois países como a rota bioceânica, as construções das nossas pontes, tanto a Porto Murtinho-Carmelo Peralta quanto a ponte de Foz do Iguaçu - Ciudad Del Este e a possibilidade da nova ponte sobre o rio Apa, em Porto Murtinho”, disse o governador. Ele acrescentou ainda que a rota vai integrar o Centro Oeste brasileiro e interiorizar o desenvolvimento na região do Chaco paraguaio.

Outro assunto também tratado no encontro foi a possibilidade de um tratado de meio ambiente para combater as pescas predatórias por meio de fiscalizações conjuntas entre os dois países.

A reunião contou com a participação do secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e do cônsul do Paraguai em Campo Grande, Ricardo Caballero.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministério da Saúde já está desabilitando leitos de terapia intensiva
SAÚDE
Mais de 18 milhões de brasileiros que já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid
ECONOMIA
Arrecadação federal cresce 12,9% e bate recorde em setembro
CAMPO GRANDE
Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão contra autor de Homicídio Tentado