Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021

64% dos petistas rejeitam apoio de Maluf em São Paulo

64% dos petistas rejeitam apoio de Maluf em São Paulo

27 junho 2012 - 13h10
G1


Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (27) mostra que o apoio do deputado Paulo Maluf (PP-SP) a Fernando Haddad (PT) na corrida eleitoral na capital paulista é rejeitado por 62% dos eleitores de São Paulo. Entre os petistas, a reprovação é ainda maior: 64%, segundo o levantamento.
Esta é a primeira pesquisa feita após o ex-presidente Lula obter o apoio de Maluf. A parceria levou Luiza Erundina (PSB) a abandonar a chapa onde concorreria como vice. O levantamento foi encomendado pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

O Datafolha ouviu 1.081 eleitores na capital paulista entre segunda (25) e terça-feira (26). A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 87/2012.

A pesquisa foi realizada com base em perguntas do Datafolha:
O PT buscou apoio de Maluf. O PT agiu bem ou mal?
Mal: 62%
Bem: 23%
Não sabe: 15%
OBS: entre os simpatizantes do PT, o total de respostas “agiu mal” é de 64%, mostra o gráfico do Datafolha

O apoio de Maluf a Haddad traz ao petista:
Mais prejuízos: 39%
Indiferente: 36%
Mais benefícios: 14%
Não sabe: 11%

Erundina agiu bem ou mal ao desistir de ser vice de Haddad?
Bem: 67%
Mal: 17%
Não sabe: 16%

Os números indicam que 59% disseram que não votariam num candidato apoiado por Maluf. Outros 12% seguiriam sua indicação, e 26% seriam indiferentes.
A desistência de Erundina teve ampla aprovação: 67% dos eleitores. Outros 17% reprovaram a atitude, e 16% não opinaram.

A influência de Lula no quadro eleitoral está em queda. Hoje, 36% dos eleitores dizem que o apoio do ex-presidente os faria escolher um candidato. O índice anterior era de 49%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde alerta sobre ligações e SMS falsos de cadastro para vacinação
IMUNIZAÇÃO
Primeiros imunizados contra Covid-19 relatam emoção e encorajam população
REGIÃO
Administrador de empresas é autuado por desmatamento ilegal
SAÚDE
Distanciamento continua fundamental, mesmo com vacinação, diz Opas