Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021

Batatas fritas pré-cozidas podem causar câncer, diz estudo

Batatas fritas pré-cozidas podem causar câncer, diz estudo

30 setembro 2012 - 16h50
Terra



Muito apreciada em restaurantes, redes de fast-food e bares, as batatas fritas congeladas podem causar câncer, de acordo com um estudo publicado no Jornal of Agricultural and Food Chemistry. Os cientistas descobriram que a o alimento pré-cozido pode conter níveis elevados de um produto químico que é possivelmente nocivo à saúde. As informações são do Daily Mail.

Essas batatas chegam aos restaurantes fatiadas e parcialmente cozidas. Isso significa que elas não precisam de muito tempo para chegar à versão final e podem ser servidas rapidamente aos clientes. Mas esse processo de fábrica pode influenciar na quantidade de acrilamida do alimento, um provável cancerígeno humano.

"O processo de seleção inclui triagem, corte, branqueamento, o aumento do açúcar, secagem, fritura e congelamento. Em combinação com o cozimento final, isso gera a cor, textura e sabor que os consumidores esperam em batatas fritas”, explica o químico Donald Mottram.

De acordo com o estudo, os níveis de acilamida, aminoácidos, açúcares, gorduras e outras substâncias oscilaram durante o processo de cozimento. "A acrilamida forma naturalmente durante o cozimento de muitos produtos alimentares. A formação de acrilamida em produtos de batata frita é inevitável”, explicou Donald.

Segundo o relatório, para minimizar as quantidades de acrilamida em batatas congeladas é importante compreender o impacto de cada fase de sua produção. O estudo mostrou ainda que a frutose e a glicose também colaboraram com essas mudanças e reações químicas que geram o composto cancerígeno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Maia diz que a China vai acelerar o envio da matéria-prima da Coronavac
ECONOMIA
Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
MS
Governo autoriza cessão da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito
BONITO
Polícia Militar apreende mais de 390 quilos de maconha