Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
RECUO

Bolsonaro veta distribuição de 100% do lucro do FGTS aos trabalhadores

13 dezembro 2019 - 11h30Por G 1

O presidente Jair Bolsonaro vetou nesta quinta-feira, dia 12 de dezembro, a distribuição de 100% do lucro do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aos trabalhadores. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União".

Com a decisão do presidente, volta a valer a regra anterior, que prevê a divisão de 50% do lucro obtido pelo fundo.

A distribuição integral do lucro foi anunciada pelo próprio governo em julho, quando Bolsonaro editou a medida provisória que permitiu saques de contas ativas e inativas do FGTS. A lei sobre o tema foi sancionada nesta quinta.

Justificativa para o veto

Conforme a justificativa publicada por Bolsonaro no "Diário Oficial", a divisão de 100% do lucro do FGTS favoreceria "as camadas sociais de maior poder aquisitivo, que são as que possuem maior volume de depósitos e saldos na conta do FGTS".

À época do anúncio, o diretor do Departamento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, Igor Vilas Boas de Freitas, informou que a mudança na distribuição dos resultados tornaria o fundo mais rentável que a poupança e que era "uma medida muito importante" de reformulação do FGTS.

Como medidas provisórias têm vigência imediata, e a MP 889 foi editada em julho, o lucro referente a 2018 seguiu a regra de distribuição total do resultado. Em agosto, R$ 12,2 bilhões foram depositados nas contas ativas e inativas que tinham saldo positivo em 31 de dezembro de 2018.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ORDEM DO DIA
Aprovada exigência de álcool em gel em estabelecimentos de MS
POLÍCIA
Delegacia de Laguna Carapã esclarece feminicídio ocorrido no domingo em que vítima foi encontrada dentro de poço
RAIO X
Policiais Civis de Três Lagoas cumprem mandado de prisão em apoio à Operação iniciada em São Paulo
LAGUNA CARAPÃ
Veículos com produtos avaliados em mais de um milhão de reais foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus