Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Cão que ficou 12 horas enterrado volta a comer

Cão que ficou 12 horas enterrado volta a comer

11 dezembro 2011 - 07h20
Folha.com


O cãozinho de quatro meses que passou mais de 12 horas enterrado em Novo Horizonte (399 km de SP) voltou a comer na tarde desta sexta-feira. Para a veterinária Viviane Cristina da Silva, apesar de ser um avanço --ele não comia desde quarta (7)-- seu estado de saúde ainda é considerado muito grave.

"Hoje eu ia colocar uma sonda nele, mas resolvi tentar mais uma vez e ele aceitou comer. Isso é importante porque vamos conseguir controlar melhor sua glicemia", diz a veterinária.

A infecção de pele do filhote piorou nesta sexta.

Viviane afirma que o problema já existia antes de ele ter sido enterrado e, como não foi tratado, piorou. Há riscos de que a infecção se agrave.

A veterinária disse que submeteu o cão a novos exames nesta sexta, que apontaram que, além da infecção, ele está com anemia acentuada e hipoglicemia.

O filhote teve uma úlcera de córnea no olho direito e a equipe não tem esperanças de que ele volte a enxergar desse olho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
PM aprende cigarros contrabandeados
LEGISLATIVO
Projeto de Lei irá dar mais informações dos atos do poder executivo em MS
SAÚDE
Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual
JUSTIÇA
Indevida a cobrança de taxa de evolução da obra após fim da construção do imóvel