Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021

Entenda como funciona o sistema de franquias no Brasil

27 agosto 2012 - 00h00Por Fonte: Black Card
Um levantamento recente realizado pela Associação Brasileira de Franchising revelou uma lista com as dez companhias que requerem os mais altos investimentos para interessados se tornarem franqueados. Este setor é um dos que mais cresce no país, com evolução de 20,4% no ano de 2011 e projeção de mais de 15% para o ano de 2012.

Para entender os valores (que especificaremos abaixo) cobrados por estas empresas, conversamos com Cristina Franco, vice-presidente da ABF, que explicou melhor como funciona o processo de obtenção de uma franquia, a justificativa dos valores cobrados e dúvidas comuns de quem tem interesse em abrir este tipo de negócio.

Black Card: O que é uma franquia?

Cristina Franco: Para entendermos bem: o franchising é uma operação onde você assina o contrato por tempo determinado, passível de renovação, para utilizar a marca e o padrão operacional daquele negócio (empresa). Neste modelo de negócio existem direitos e deveres contemplados no contrato. Um exemplo destes deveres é que todas as franquias devem pagar royalties para a empresa cedente (seja uma quantia mensal, ou uma porcentagem em cima do produto vendido ou lucro) e fazer investimento no Fundo Nacional de Marketing.

Black Card: O que determina o valor de uma franquia?

Cristina Franco: O valor de uma franquia é determinado pelo posicionamento de uma empresa dentro do mercado que ela atua. A composição do valor começa pela marca, depois a lucratividade (o lucro que o empresário terá mensalmente) e o retorno do investimento (quanto tempo terá o valor investido de volta). O custo de implantação da companhia também é levado em conta: se, por exemplo, tem que construir o ponto, se precisa de reforma para se adequar aos padrões da empresa e a compra de equipamentos.

Black Card: Quais são os riscos de uma franquia?

Cristina Franco: Como toda operação financeira, a franquia também tem seu risco e é uma operação que depende de quem está à frente do negócio. A lucratividade acontece no ponto de vendas. Não adianta ter uma marca e venda no mercado se o investidor não tem capacidade de gestão administrativa.

Black Card: Quem pode ser franqueado?

Cristina Franco: É recomendado que se valide o perfil do operador (franqueado) mediante a proposta daquele tipo de negócio. Se ele é ruim em relacionamento, não consegue manter a franquia. Então, quem pleitear ser um franqueado das diferentes marcas do Brasil passa por um processo seletivo. Ela avalia o perfil da pessoa para o tipo de negócio que abrirá. É importante observar que são contratos de longa duração: três, cinco ou 10 anos. Por isso, é importante saber quem administrará aquele negócio.

Black Card: Existe algum tipo de mediação na assinatura dos contratos entre franqueado e empresa?

Cristina Franco: Existe um intermédio com consultores e advogados especializados. Além disso, existe uma lei, de 1994, que regulamenta este segmento. Por isso, os direitos e deveres são muito claros, além de ser um setor com muito êxito.

Black Card: Caso o franqueado queira cancelar o contrato, como ele pode proceder?

Cristina Franco: Ele pode não renovar o contrato com a matriz ao fim deste, mas pode também optar por pagar uma multa estipulada nos termos do documento. Além de poder vender aquele ponto, afinal, é um patrimônio e pode gerar lucro com aquilo. Mas há também a possibilidade de a empresa não querer renovar o contrato com o franqueado, ou porque não tem mais o interesse naquele ponto, ou porque não tem tido retorno satisfatório.

As marcas mais caras do país:

1º: Accor Hospitality, opera em hotelaria e turismo. Investimento inicial entre 5,5 milhões a 13 milhões

2º: Pelé Club, empresa de beleza, saúde e produtos naturais. Investimento entre 1,9 milhão a 3,1 milhões

3º: McDonald's, alimentação. Investimento inicial entre 1,2 milhão a 2,5 milhões

4º: Capital Steak House, setor de alimentação. Investimento entre 1,2 milhão e 2,3 milhões

5º: KFC, setor de alimentação. Investimentos entre 975 mil e 1,8 milhão

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde alerta sobre ligações e SMS falsos de cadastro para vacinação
IMUNIZAÇÃO
Primeiros imunizados contra Covid-19 relatam emoção e encorajam população
REGIÃO
Administrador de empresas é autuado por desmatamento ilegal
SAÚDE
Distanciamento continua fundamental, mesmo com vacinação, diz Opas