Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020

Morre uma das gêmeas siamesas chilenas que foram separadas

Morre uma das gêmeas siamesas chilenas que foram separadas

19 dezembro 2011 - 15h10
Folha

Uma das siamesas chilenas de dez meses separada da irmã na quinta-feira da semana passada após uma cirurgia de várias horas morreu no domingo após uma complicação provocada por seu frágil estado, anunciou o Hospital Luis Calvo Mackenna.

"É um momento de dor, de profundo pesar no qual temos que comunicar que María José já não está entre nós", afirmou o médico Osvaldo Artaza.

"Ela morreu por uma falha orgânica múltipla fundamentalmente associada a seus problemas cardíacos. Todos os esforços foram realizados", completou o médico.

A irmã, María Paz, permanece estável na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Os médicos já haviam informado que as primeira 48 a 72 horas após a operação eram críticas.

A complexa cirurgia, que durou mais de 20 horas e contou com a participação de quase cem profissionais, foi considerada um marco no Chile

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS
Não se deve menosprezar a capacidade de um surdo, diz pesquisador
SAÚDE
Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana
GERAL
Engenheiro brasileiro enfrenta desafios em missão simulada
DOURADOS
Guarda cumpre mandado e prende ‘Maldita’ durante festa na Cachoeirinha