Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
BBB16

Munik acerta pergunta sobre novela e garante a liderança

11 março 2016 - 11h52Por Fonte: douradosnews
A promotora de eventos Munik conquistou a oitava liderança da semana no "BBB16", em uma prova realizada na noite de quinta-feira, dia 10 de março. A goiana ocupa o posto pela segunda vez.

Nesta semana, a prova do líder foi disputada por todos os competidores, já que o líder Renan não precisou vetar a participação de ninguém. Pedro Bial avisou que, a partir de agora, os próximos líderes da semana estão dispensados do 'Poder do Não'.

Desde a última edição do programa, o líder da semana não tem imunidade garantida na formação do paredão, mas é premiado com R$ 10 mil a cada liderança.

A prova

Conforme anunciado pelo site oficial do programa, a disputa pela oitava liderança não exigiu força física, nem mesmo resistência. Os brothers participaram de um quiz sobre importantes transmissões da TV Globo. Aquele que respondesse corretamente a todas as perguntas seria o novo líder.

Dona Geralda foi a primeira candidata desclassificada, ao errar a primeira pergunta do quiz. Renan foi o segundo a deixar a disputa, seguido por Matheus, Ronan e Maria Claudia, que erraram a resposta juntos, dando a liderança para Pequi.

Esta não foi a primeira vez que o formato de perguntas e respostas definiu o líder da semana no "BBB16". No dia 11 de fevereiro, Munik também havia conquistado a quarta liderança da edição. No "Quiz do líder", os competidores tinham de assistir a cenas de novelas históricas da TV Globo e responder "verdadeiro" ou "falso" para cada uma das perguntas ditadas por Pedro Bial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
AQUIDAUANA
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 2,3 mil por incêndio em leiras de vegetação proveniente de limpeza
ECONOMIA
Decisão do STF evita perda na arrecadação de R$ 1,2 bilhão, diz Reinaldo Azambuja
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares