Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020

Poeta vive recluso na intimidade da família em Campo Grande.

Ao longo de 74 anos de carreira, já são quase 30 livros publicados.

19 dezembro 2011 - 16h10
G1

Dia 19 de dezembro é especial para a cultura de Mato Grosso do Sul. Um dos maiores poetas vivos do país, Manoel de Barros, completa 95 anos de idade. O poeta das coisas carrega, em seus quase 30 livros publicados, um traço único.

Nascido às margens do rio Cuiabá, Manoel passou a infância em Corumbá, no pantanal sul-mato-grossense. Lá, aprendeu a desver o mundo a ter no olhar o silêncio de chão, como descreveu em suas poesias elaboradas ao longo de 74 anos de carreira. Atualmente, o poeta vive recluso na intimidade da família em Campo Grande.

O pesquisador Padre Afonso de Castro acompanha a obra do poeta há mais de 20 anos. Para ele, foi na reinvenção do sentido das coisas que Manoel de Barros se transformou em um autor único.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Bonito autua arrendatário de fazenda em R$ 124 mil
JUSTIÇA
Empresa contratada por município receberá somente pelo serviço executado
MS
Procon alerta pais para ficarem atentos à lista de materiais e venda casada
ECONOMIA
Pandemia provoca redução de investimentos estrangeiros no país