Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Rei da Espanha tenta desfazer relações diplomáticas com Brasil

04 junho 2012 - 09h13Por Douranews
O rei da Espanha, Juan Carlos I, se reúne hoje (4) com a presidente Dilma Rousseff e vários ministros, no Palácio do Planalto e, depois em um almoço no Ministério das Relações Exteriores. Em discussão, a ampliação das relações econômicas entre os dois países e a tentativa de encerrar o constrangimento causado pelas dificuldades para a entrada de brasileiros na Espanha e de espanhóis no Brasil.

Disposto a desfazer o mal-estar causado pelas questões migratórias entre o Brasil e a Espanha, Juan Carlos discursará no Itamaraty falando parte do texto em espanhol e outra em português. É a primeira viagem do rei ao exterior depois que ele colocou uma prótese no quadril, após um acidente durante caça na África. Do Brasil, Juan Carlos segue para o Chile.

O rei viaja acompanhado por um grupo de empresários espanhóis interessados em ampliar os negócios no Brasil. A Espanha é o segundo maior investidor estrangeiro no Brasil, com estoque de capital superior a US$ 85 bilhões. Em 2011, o comércio bilateral registrou US$ 7,97 bilhões, o que representa aumento de 20% em comparação a 2010.

Durante a visita, segundo autoridades brasileiras, deverá ser abordada também a questão do tratamento dado aos brasileiros que viajam à Espanha. Para assessores que preparam a visita, o rei deverá usar sua imagem para amenizar a situação na conversa com a presidente..

Juan Carlos está em Brasília no mesmo dia em que é realizada em Madri, capital espanhola, uma reunião bilateral sobre questões migratórias, com a participação da ministra Maria Luiza Lopes da Silva, diretora da Divisão de Políticas Consulares e de Brasileiros no Exterior do Ministério das Relações Exteriores.

Há dois meses, o governo do Brasil adotou medidas recíprocas referentes às exigências para que turistas espanhóis entrem no país. Só após a adoção dessas medidas, o governo da Espanha concordou em negociar mudanças nas exigências para a entrada de brasileiros. De acordo com diplomatas, são frequentes as reclamações de brasileiros que se queixam de problemas no trato, discriminação e má acomodação. Na Espanha, houve casos de cidadãos brasileiros ficarem até três dias detidos no aeroporto. As informações são da Agência Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende dois jovens por tráfico
ECONOMIA
Governo retira limite para financiar projetos de telecomunicações
PARANAÍBA
Foragido da justiça é preso pela Polícia Militar quando realizava direção perigosa
SANTA RITA DO PARDO
Suspeito de tráfico de drogas é preso pela Polícia Civil