Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021

8º Porã Mix da ACPP terá apresentações culturais da Funcespp

30 setembro 2011 - 09h55
Feira de queima de estoques acontece no Parque de Exposições Alcindo Pereira

Divulgação (TP)

A 8ª edição da Feira Porã Mix desenvolvida pela ACEPP - Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, que acontece neste domingo (2), no Parque de Exposições Alcindo Pereira, contará com a participação dos Projetos Culturais da Prefeitura de Ponta Porã.

As apresentações acontecem na abertura da 8º Porã Mix, a partir das 8 horas com a Oficina Municipal de Violão Sol Maior, desenvolvido pela Fundação de Cultura e Esporte de Ponta Porã.

Em seguida apresentação da Oficina Municipal de Harpa, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com a FUNCESPP, Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Sonidos de La Tierra.

O Grupo Mexa-se de Dança de Rua, formado por alunos da Oficina Municipal de Street Dance da FUNCESPP, se apresenta a partir das 09h30 no palco cultural da 8º Porã Mix.

Para o diretor de Cultura da Funcespp, Eder Rubens, a realização de eventos da qualidade da Feira Porã Mix, abre oportunidades para intervenções culturais dos projetos desenvolvidos pelo município, divulga o potencial artístico dos alunos e aproxima a população da arte e cultura em um mesmo espaço. “O Porã Mix é um evento consolidado, que atrai bom público todos os anos. Estamos felizes pelo convite feito pela organização do evento, que possibilitou um espaço para apresentação dos projetos culturais da FUNCESPP” frisou.

O Diretor-Presidente da FUNCESPP, Professor Adir Teixeira elogiou a iniciativa da atual diretoria da ACEPP que a cada ano vem incrementando mais atrações na Porã Mix. “A FUNCESPP vem desenvolvendo inúmeros projetos em favor das nossas crianças e jovens. A Porã Mix vai permitir ao público que comparecer no local do evento, conhecer as potencialidades dos alunos destes projetos” salientou Adir.

A abertura oficial da 8º Porã Mix acontece a partir das 8 horas, a entrada é livre e terá dezenas de estandes, com lojas de confecção, calçados, bijuterias, concessionárias de veículos, praça de alimentação, artesanato e outros, com liquidação de até 70% em seus produtos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANAURILÂNDIA
PMA autua paranaense por construir estrada sem autorização ambiental em seu sítio no município
FRONTEIRA
Moradora acorda com barulho e encontra janelas 'furadas de bala'
BOLETIM COVID
Já faltam leitos nos hospitais da macrorregião de Campo Grande
POLÍCIA
Briga entre vizinhos termina em ameaça e homem preso com revólver