Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
Crueldade

Após marcar encontro pelo Facebook, homem é brutalmente assassinado

14 novembro 2016 - 10h15Por Campograndenews
Depois de marcar encontro pelo Facebook, Edvaldo Miott, 30 anos, foi encontrado morto a golpes de pauladas na manhã de domingo (13), em uma residência no assentamento Sul de Bonito, em Itaquiraí, distante 410 quilômetros de Campo Grande. Três adolescentes suspeitos de ter cometido o ato infracional, equivalente a homicídio, foram apreendidos.

Conforme o site Tá Na Mídia Naviraí, o corpo da vítima foi achado na cozinha caído ao lado do fogão, próximo a porta do imóvel. O rapaz foi assassinado a golpes de pauladas na cabeça. Ao lado do corpo, havia vários pedaços de madeira que foram usados no crime. Na parede da cozinha e no fogão tinha manchas de sangue, inclusive a marca de uma mão.

À polícia, a mãe do jovem contou que o filho saiu por volta das 13h de sábado, para ir até o sitio da família e até a manhã de domingo não tinha retornado. O crime começou a ser desvendado, após o veículo VW Gol branco, que a vítima conduzia, ser localizado abandonado em uma estrada vicinal do assentamento. O automóvel estava com a chave na ignição, com o para-choque danificado, sem a placa frontal e com radiador furado.

Durante investigação, a Polícia Civil conseguiu identificar e apreender três suspeitos com idades de 13, 14 e 17 anos. Segundo testemunha, Edvaldo teria marcado pelo Facebook, encontro com os garotos no sítio da família. O assassinato foi na tarde de sábado e o motivo ainda não foi informado pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
EDUCAÇÃO
Enem 2020: confira hoje a correção das provas ao vivo
BRASIL
Mesmo com vacina, vitória sobre coronavírus passa por 'mudança de comportamento social'
Antônio Barra Torres deu declaração ao abrir reunião da Anvisa que analisa pedidos de uso emergencial de duas vacinas contra Covid-19
SAÚDE
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado