Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
Polícial

Bumlai é investigado por ter ganhado R$ 2 milhões em sorteio

30 novembro 2015 - 11h45Por Fonte: riobrilhantenews
O empresário José Carlos Bumlai ganhou em 2012 uma bolada de R$ 2 milhões num sorteio de um título de capitalização pela loteria federal do Banco Bradesco. Preso na semana passada pela Polícia Federal dentro da Operação pela Lava Jato, Bumlai investiu módicos R$ 1.000 no "Pé Quente Bradesco". A sorte do empresário é vista pelos investigadores como uma operação financeira atípica.

Títulos de capitalização sequer podem ser chamados de investimento, na realidade, porque não rendem juros. Nesse tipo de operação, o comprador do título só consegue receber de volta o valor integral do que pagou se não tocar no dinheiro dentro de 24 meses. No período, só há correção monetária pela TR (Taxa Referencial).

O título de capitalização mais popular do país é a Tele Sena.

Os títulos de capitalização costumam atrair jogadores inveterados ou são empurrados por gerentes como condição para aprovar empréstimos aos correntistas.

O prêmio de Bumlai, que é amigo do ex-presidente Lula, foi pago em uma agência de Guajará-Mirim (RO). O patrimônio e os negócios dele e de sua família concentram-se em Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Um relatório da PF mostra ainda como movimentação incomum saques de R$ 5 milhões em dinheiro vivo. Entre janeiro de 2010 e outubro de 2013, o empresário foi 37 vezes a agências do Banco do Brasil e da Caixa e saiu carregando pacotes com valores entre R$ 100 mil e R$ 265 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Setembro é mês de licenciar veículos com placa final 9
MEIO AMBIENTE
Fumaça do Pantanal se desloca para o Sul do país
RANKING DO CLP
Mato Grosso do Sul é o 6º Estado mais competitivo do Brasil
SANTA RITA DO PARDO
Em ação conjunta, Polícia Militar e Polícia Civil prendem estelionatários que se passavam por policiais militares para extorquirem produtores rurais.