Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020

Délia Razuk recebe a medalha do mérito legislativo da Câmara de Ponta Porã

Délia Razuk recebe a medalha do mérito legislativo da Câmara de Ponta Porã

02 dezembro 2011 - 08h45
Divulgação (TP)

A Câmara de Vereadores de Ponta Porã foi palco de homenagens na sessão realizada na quinta-feira, dia 01, e uma das personalidades que recebeu a honraria, sendo a medalha do mérito legislativo da Câmara de Ponta Porã, foi a vereadora Délia Razuk, nascida em Ponta Porã, mas exerce o cargo de vereadora na cidade de Dourados, ela foi homenageada pelos dez vereadores por indicação do vereador Bruno Reichardt (PMDB).

Délia Razuk disse que ficou emocionada com a homenagem, sendo essa uma das mais importantes que já recebeu. “ Você receber uma homenagem da cidade em que você nasceu, de sua cidade natal, onde cresci, onde casei, onde tive minha primeira filha, é maravilhoso e estou muito grata”, afirmou a vereadora.

A vereadora afirmou que nesse momento de alegria passa um filme de sua vida, de quando estudava no colégio São José, de quando ajudava os alunos da referida escola na construção do então auditório, sendo essas e outras muitas lembranças, como por exemplo, os jogos entre Ponta Porã e Dourados onde a vereadora Délia Razuk disse que torcia muito por Ponta Porã e hoje, vindo de Dourados, as lembranças se fortaleceram em sua mente.

Questionada por ter sido a única vereadora a não ser detida no momento de turbulência que a cidade de Dourados passou, Délia comentou que foi um momento muito difícil e de surpresa, uma vez que não tinha participação nos referidos problemas. “ Eu fazia oposição ao então prefeito, mas sempre trabalhando pela minha comunidade e naquela hora tivemos que assumir as rédeas da situação, porque as pessoas me cobravam, a população se revoltou, houve depredação e uma série de ações da população contra os vereadores”, ressaltou a vereadora.

O vereador Bruno Reichardt, idealizador da homenagem prestada, disse: “ Délia, quando pensei em prestar-lhe essa singela homenagem veio em meu coração a imagem da menina fronteiriça que com o passar dos anos, lutou e tornou-se uma mulher admirada por todos ao seu redor, uma política que seguiu o caminho certo e isso fez com que não somente eu, mas toda comunidade de Ponta Por sentisse orgulho em oferecer a você, pelo seu trabalho, pela sua vivência, pela mulher que é, essa simples homenagem.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Doações de órgãos caíram 40% com pandemia
MEIO AMBIENTE
Recém-criada, Sala de Crise do Pantanal, vai propor ações concretas de enfrentamento à seca
EDUCAÇÃO
Estudantes com Fies podem suspender pagamentos até o fim da pandemia
NOTÍCIAS
Salão deve indenizar cliente que sofreu queimadura no couro cabeludo