Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021

Eleições 2012- Hélio Peluffo foi o entrevistado da 91.5 FM Cerro Cora

27 junho 2012 - 08h40
Tião Prado


Dando sequência às entrevistas com os pré-candidatos a prefeito de Ponta Porã, nesta terça-feira (26), o Programa FM em Notícias que vai ao ar das 12h10 às 13 horas pela Rádio 91.5 FM Cerro Cora, o entrevistado foi o arquiteto Hélio Peluffo Filho.

O ex-secretário, no inicio de sua fala, fez um agradecimento especial: “A todos os seus colaboradores e também ao Partido PSDB que ouviu o clamor do prefeito Kayatt, como liderança maior do partido e aceitou o meu nome como pré-candidato a prefeito de Ponta Porã para dar continuidade ao trabalho do prefeito daqui pra frente”.

Até o final de semana estarão acontecendo as convenções dos partidos aliados do PSDB e junto com PSDB vai marchar o PP, PT do B, PTN, PRB e está também em conversação com PTB, da Vereadora Lourdes Monteiro, PSB do ex-vereador Marcelino, PDT do ex-prefeito Oscar Goldoni, do Elton Langer e o senhor Ivo Cherim, uma ala do PMDB, pois segundo Peluffo “A grande maioria do diretório do PMDB acompanha o prefeito Kayatt e não podemos deixar de lembrar que nas eleições do governador Puccinelli e do senador Moka, quem puxou a fila desta eleição aqui na fronteira foi o PSDB e assim o governador e o senador foram vitoriosos e baseado nisso temos a liberdade de conversar com estes partidos”.

Todos comentam a respeito do horário da televisão como um palanque eletrônico, na entrevista, procurou-se saber de Hélio Peluffo como será desenvolvido a sua campanha neste quesito: “A televisão tem um potencial muito grande pra decidir a eleição , mas dos quatro candidatos que ai se apresentam não vai dar pra mentir, ou inventar o que você sabe, ou se você está preparado ou o que você fez no seu passado , não vai dar pra mentir, e o povo de Ponta Porã vai ter discernimento e competência para escolher o melhor prefeito para a cidade”, frisou Peluffo.

Segundo Peluffo, a população de Ponta Porã não vai querer escolher um Ari Artuzi para administrar a cidade, como também não quer alguém que não esteja preparado e demonstrado capacidade para administrar o município.

Hélio Peluffo já participou de duas eleições como candidato a prefeito e questionado sobre qual a diferença nesta terceira campanha, respondeu: “Não tenha dúvida que o tempo nos proporciona algo que tem um valor insubstituível que é a experiência, então eu venho com uma grande experiência e se eu pudesse voltar atrás eu faria tudo de novo, mas de maneira diferente, com mais ternura, com mais calma, com menos impetuosidade e aparando as arestas, porque na política a gente também aprende com o tempo”.

“Tenho amor e prazer em viver nessa fronteira e fazer dessa fronteira cada dia um lugar melhor para se viver e que os nossos filhos e netos possam se orgulhar disso. Eu enfrentei duas eleições contra dois mitos da política, um mito o Oscar Goldoni, era o mito da época, depois entregou a prefeitura para o Bruno; depois enfrentei outro mito que tinha um grande passado na política que foi o Carlos Fróes”, afirmou Hélio Peluffo.

A saúde que enfrenta problemas em todo pais e em Ponta Porã também, o pré-candidato disse que: “ Nós estamos elaborando junto com os profissionais da área de saúde um projeto concreto, plausível, possível de ser executado com muita responsabilidade, sem mentir pra população e para os funcionários públicos que também clamam por melhoras, mas este projeto além de dar continuidade ao trabalho do prefeito Kayatt, vamos avançar ainda mais, isso tudo junto com as pessoas que fazem parte do grupo do prefeito Kayatt, e isso passa por uma grande melhoria na saúde e na atenção básica e claro investindo também nos profissionais que trabalham nessa área com treinamento e melhora de salário” afirmou Hélio Peluffo Filho.

Os assentamentos são considerados as áreas mais difíceis para dar um apoio por parte da prefeitura. Hélio Peluffo informou que tem conversado com os assentados, sendo que o PRB está baseado no Assentamento e todos os candidatos a vereadores são lá do assentamento.

“Nosso compromisso com o pessoal daquela região é de fazer um trabalho diferenciado. Temos conhecimento que com poucas ações se pode fazer o diferencial naquela região, este compromisso nós temos e o nosso plano de governo vai apresentar quatro pilares de sustentação para o assentamento e isso será levado para a comunidade que mora naquela região e será mostrado a todos eles” afirmou Hélio Peluffo.

No final da entrevista Hélio Peluffo fez um agradecimento a toda equipe da 91.5 FM Cerro Corá, aos diretores do site Conesulnews e também ao Jornalista Carlos Monfort por essa demonstração de democracia.

“Eu tenho orgulho de dizer que sou um fronteiriço, filho de uma paraguaia e um brasileiro, e quero desejar a todos o paraguaios muito sucesso neste momento difícil que estão passando politicamente, mas o povo Paraguaio é sábio e ordeiro, com certeza saíram maior do que entraram e a tranquilidade sempre estará reinando neste país “,Hélio Peluffo


Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
SAÚDE
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
SAÚDE
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
NOTÍCIAS
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas