Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
Câmara

Empossados os novos secretários municipais em Ponta Porã

26 novembro 2015 - 12h26Por Fonte: Assessoria
Durante concorrida solenidade na tarde desta quarta-feira, dia 25, o prefeito Ludimar Novais (PDT), empossou os novos secretários municipais. Estão com novos titulares as secretariais municipais de Governo, Finanças e Planejamento, Procurador Geral e Obras e Urbanismo. O evento ocorreu durante à tarde no auditório do Paço Municipal contando com a presença de autoridades municipais, do presidente da Câmara Municipal, Marcelino Nunes, e vários vereadores, representantes de classes e a sociedade em geral.

Durante seu pronunciamento, Ludimar Novais destacou o empenho dos secretários que deixaram seus cargos, fazendo agradecimento a Luiz Alexandre do Amaral que deixou a secretaria de Governo para assumir a Procuradoria Geral do Município (PGR); a professora Tereza Sato que entregou a Secretaria de Finanças e Planejamento para ficar apenas na presidência do Previporã; João Batista Sandri, que deixou a Secretaria de Obras e Urbanismo para ocupar a Finanças e Planejamento.

Depois Ludimar Novais destacou a competência e a capacidade dos novos secretários, Eduardo Campos assume a Secretaria de Governo; Agnaldo Miudinho a de Obras e Urbanismo; Imad Ahmad Hazime, novo secretário municipal de Saúde em substituição a Guilherme Gatass. “São todos profissionais que chegam para nos ajudar, que vão se doar e que ganhariam mais fora do setor público, mas querem contribuir com Ponta Porã”.

O prefeito ressaltou o momento difícil que o país vive, mas destacou que faz uma administração séria e enxuta. “Para se ter uma dimensão, quando assumimos a Prefeitura em janeiro de 2013 encontramos uma folha com 3.100 funcionários. Fizemos ajustes e vamos chegar ao final de 2016 com menos de 3 mil na folha.

Atualmente já cortamos mais de 100 como forma de nos adequar a esse momento econômico, buscando garantir os serviços para a nossa população, honrando os compromissos com nossos servidores. Pagamos desde o início do meu governo os salários antecipados; já depositamos o 13º deste ano e até o dia 20 de dezembro todos vão receber.

Hoje Ponta Porã está numa posição vantajosa em relação a muitos municípios, cujos prefeitos não estão conseguindo pagar nem os salários. Aqui estamos pagando e tocando ao mesmo tempo um pacote de 39 obras. Mas fazemos tudo com responsabilidade, dentro das nossas limitações”, ressaltou.

Além de destacar o maior projeto habitacional em execução no Mato Grosso do Sul, o conjunto Kamel Saad com 1.015 moradias, o prefeito também fez questão de falar sobre os avanços na área da saúde. “Quando assumimos a conta de água do Hospital Regional ultrapassa a R$ 50 mil/mês em virtude de vazamento que estava provocando infiltrações e poderia até ter derrubado o único centro cirúrgico que existia. Hoje, depois da reforma, temos três centros cirúrgicos, reformamos tudo, acabamos com essa conta milionária de água que era paga todos os meses e já equipamos os leitos de UTI.

Melhoramos muito, tanto que uma organização social escolhida pelo Governo do Estado deverá assumir a administração. As obras que dependem do município estão andando, menos as que dependem de repasses federais, já que neste ano a União não fez um único repasse”, disse o prefeito.

Representando os novos secretários empossados, o advogado Eduardo Campos que assumiu a Secretaria Municipal de Governo, disse que é muito fácil para quem fica numa zona de conforto criticando, colocando gosto ruim no trabalho dos outros. “Precisamos que cada um de a sua parcela de contribuição e para mim é uma honra e orgulho receber o chamado da administração do prefeito Ludimar Novais, um governo progressista que realiza muito em favor de Ponta Porã”.

“Dentro da minha humilde capacidade quero ajudar o Ludimar, contando sempre com apoio da nossa Câmara Municipal, mantendo sempre o respeito e uma relação institucional. O vereador é aquele líder que vai lá na comunidade e traz para nós os seus anseios. Nossas portas estarão sempre abertas para todos, independente a qual partido pertençam.

Muito já foi feito, mas ainda dá tempo de fazer muito mais. São inúmeras obras acontecendo ao mesmo tempo e esse projeto habitacional do Ludimar coloca seu governo em uma posição de destaque, são casas maravilhosas, um bairro arborizada e com avenidas largas. Isso é demonstração de respeito às pessoas e à coisa pública”, destacou Campos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS
Não se deve menosprezar a capacidade de um surdo, diz pesquisador
SAÚDE
Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana
GERAL
Engenheiro brasileiro enfrenta desafios em missão simulada
DOURADOS
Guarda cumpre mandado e prende ‘Maldita’ durante festa na Cachoeirinha