Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020

Famílias participam de sorteio para conhecer localização de casas do Kamel Saad

Conjunto habitacional viabilizado pelo prefeito Ludimar Novais está pronto e será entregue no início de janeiro, beneficiando mais de mil famílias

15 dezembro 2015 - 10h30Por Assessoria


As 1.015 famílias que serão beneficiadas com as casas do Conjunto Habitacional Kamel Saad vão poder ocupar as moradias no início de 2016. Nesta segunda-feira, dia 14, as primeiras 404 famílias participaram do sorteio para conhecer a localização das casas que serão entregues pelo prefeito Ludimar Novais (PDT). Em janeiro, serão realizados os outros sorteios para que todos possam conhecer seus futuros endereços.

O Conjunto Habitacional Kamel Saad é o maior em execução em Mato Grosso do Sul. A entrega das casas será um marco na história de Ponta Porã, já que pela primeira vez em mais de um século um sorteio de habitações populares ocorreu em evento aberto ao público e foi fiscalizado por diversas instituições, entre elas, o Ministério Público Estadual e também a Câmara Municipal. Os nomes dos contemplados foram sorteados pelo prefeito Ludimar Novais, pelo promotor de justiça, Gabriel da Costa Rodrigues Alves, entre outras autoridades, para demonstrar a transparência na gestão.

O promotor de justiça, Gabriel da Costa Rodrigues Alves, à época, agradeceu ao convite do prefeito para o acompanhamento de todo o processo pelo Ministério Público Estadual. “Isso é a demonstração de uma preocupação com a maior transparência possível. Como promotor de justiça acompanhei o cadastramento das famílias na Habiporã e apuramos fraudes cometidas por cidadãos que mentiram na hora de fazer o cadastro.
Participamos ativamente de todo o processo”.

E, agora, dando continuidade a esse processo transparente, foi realizado o primeiro sorteio da localização das casas que serão entregues para as famílias contempladas. O sorteio foi coordenado pela Agência Municipal de Habitação, representado pela sua presidente, Rosy Siqueira, e pelo representante da Caixa Econômica Federal, Frederico Gonçalves, gerente executivo do setor de habitação.

Durante a reunião, as 404 famílias foram orientadas de que a partir do conhecimento da localização da casa, no próximo dia 22, serão colhidas as assinaturas dos futuros moradores, sendo que em meados de janeiro poderão fazer a vistoria das casas que estarão liberadas para ocupação provavelmente no início de fevereiro. Gonçalves que comandou o sorteio solicitou a presença de cinco voluntários na mesa para acompanhar os trabalhos.

A primeira sorteada foi Roseli Henrique de Oliveira, mãe de Débora Vitória Oliveira da Cunha, vítima de uma paralisia cerebral e que atualmente está com 10 anos de idade. Ela que mora de favor em uma casa no bairro Parque dos Ipês II ficou muito emocionada ao ser chamada para receber o papel com o seu futuro endereço.

“Estou emocionada e agradeço ao prefeito Ludimar Novais por essa conquista que tenho certeza vai ajudar a melhorar a vida da minha família. Estava aguardando por esse momento há mais de três anos e agora finalmente meu sonho está sendo realizado”, destacou. Roseli foi sorteada com a casa construída na quadra 9, lote 14, da rua Homenélio Marques.

Uma outra pessoa muito satisfeita com o sorteio é a dona de casa Élida Rosa Augusto. Atualmente morando de aluguel em um imóvel situado na rua Guia Lopes, ela cuida da mãe, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O futuro endereço de Élida será na quadra 8, lote 7, da rua Berenice M. Lino, no Residencial Kamel Saad.

“Moro há 16 anos no mesmo endereço pagando aluguel. Além de pagar o imóvel não é tão bom quanto o que vou receber. Atualmente trabalho como diarista porque tenho de cuidar da minha mãe doente e o dinheiro já nem estava dando para pagar aluguel. Ganhar uma casa é tudo de bom e isso vai ajudar muito a melhorar de vida”, destacou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Acusação indevida de assédio moral gera indenização
PONTA PORÃ
Caminhões com 120 bovinos trazidos ilegalmente do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
MEIO AMBIENTE
Infratora é autuada em R$ 56 mil por incêndio em madeira que se alastrou para pastagem
COMBUSTÍVEIS
ANP realiza mais de 7,4 mil fiscalizações no semestre