Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020

Fim de semana é marcado por violência contra as mulheres em Ponta Porã

Fim de semana é marcado por violência contra as mulheres em Ponta Porã

08 fevereiro 2012 - 09h43
Mercosulnews

Várias mulheres foram vítimas da violência – masculina e feminina – durante o final de semana em Ponta Porã. Na noite de domingo (5), por volta das 19h, policiais militares realizavam patrulhamento no Jardim Altos da Glória, quando foram chamados por populares, que denunciavam um cidadão embriagado, que agredia a pauladas sua esposa e o filho, deficiente mental.

O elemento foi localizado pela polícia sentado em frente à sua residência com manchas de sangue pelo corpo. Inicialmente ele negou o crime, mas os policiais ouviram alguém chorando dentro da casa. Era a esposa do acusado, de 54 anos, que saiu com a boca ensangüentada e relatou que ela e seu filho portador de necessidades especiais haviam sido agredidos pelo marido.

O filho do casal apresentava escoriações e inchaço na boca e no rosto e, além de escoriações pelo pescoço e braços. Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao homem, que foi encaminhado ao 1° Distrito Policial, onde foi entregue com várias escoriações pelo corpo decorrentes da embriaguês e das vias de fato com sua esposa e o filho.

Na Rua Dr. Miguel Marcondes Armando, no Jardim Marambaia, a Polícia Militar socorreu numa mulher de 29 anos, que teve os braços cortados por golpes de estilete, aplicados pelo ex-namorado, de 27 anos. Ela disse que o acusado foi até a residência tentar reatar o namoro, mas como ela se recusou, ele passou a atingi-la com o estilete, provocando-lhe ferimentos. O agressor fugiu antes da chegada da PM.

A mulher foi levada pelos policiais ao posto de saúde central, onde foi atendida, e depois orientada a formalizar queixa na Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM). A equipe passou as características do acusado às demais viaturas de plantão e já no início da madrugada ele foi localizado e preso, sendo encaminhado para o 1º Distrito Policial para providências cabíveis, sem lesões corporais.

TARADO

Um homem foi capturado por populares e entregue à Polícia Militar, acusado de violação de domicílio e assédio sexual contra uma dona de casa de 31 anos. O fato ocorreu na Rua Benjamin Constant, no Residencial Ponta Porã. A vítima contou que estava em casa quando o elemento adentrou sem sua permissão, dizendo que estava ali para pegar roupas emprestadas de seu marido.

Ela achou estranho quando o indivíduo começou a lhe oferecer dinheiro em troca de favores sexuais e o expulsou da residência. Nesse momento o marido da vítima, de 22 anos, chegou no local e ao ser informado do ocorrido, foi atrás do ‘tarado’ e acionou a PM, que tinha uma viatura fazendo rondas nas imediações. O acusado foi localizado e preso, sendo encaminhado com as vítimas para ao 1º DP, para providências.

Na noite de domingo, por volta das 20h40min, policiais militares detiveram um homem de 27 anos que havia sido denunciado pela sua ex-amásia, de 25 anos pelos crimes de ameaça. Segundo a vítima, o elemento dizia que iria “cortá-la em pedaços, tirar seu sangue e pendurar em uma cruz”. O entrevero ocorreu na Rua Santo Antônio, no bairro São Rafael e a mulher chamou a PM.

Ela disse que seu ex-marido é usuário de drogas e bebidas alcoólicas, que sempre foi violento e que já tinha até recebido uma ordem judicial para se manter afastado dela 300 metros. Quando a polícia chegou o sujeito já havia fugido, mas ele acabou sendo localizado em um bar das proximidades. Foi preso e encaminhado ao 1º DP. Ele disse que também foi agredido pela ex-mulher.

Armado com uma faca, um homem de 29 anos arrombou a porta da residência, na Rua Roncador, Parque dos Eucaliptos, na periferia da cidade, quebrou o telefone celular de sua esposa, de 24 anos e jogou suas roupas e pertences no quintal. Ele foi preso pela PM e encaminhado com a vítima para o 1° DP, ambos sem lesões corporais.

Um elemento de 29 anos foi preso pela PM na Rua Jatobá, no Residencial Ponta Porã, após ameaçar a dona do estabelecimento, de 45 anos, dizendo que colocaria fogo no bar e mataria ela e seus filhos. O entrevero ocorreu porque o acusado queria pinga e ela se recusou a fornecer. Irritado, o cachaceiro ameaçou quebrar o estabelecimento, chamando a todos de ‘f.d.p.’ e outros palavrões.

Um jovem de 18 anos está sendo procurado pela polícia por brigar com a esposa por motivos fúteis e ameaçá-la com uma faca, na Rua Vinícius do Nascimento, Jardim Marambaia. O rapaz, segundo a vítima de 21 anos, agrediu-a com socos, pontapés e estrangulamentos. Ela conseguiu sair da casa correndo e entrou em um posto de saúde, próximo à sua residência.

O indivíduo seguiu-a em uma motocicleta de cor preta, momento em que ligou para a Polícia Militar. A mulher foi encaminhada ao 1º DP, com lesões no rosto, pescoço, ambos os braços e pernas. Foram feitas rondas pelos possíveis locais em que o autor poderia estar, mas ele não foi encontrado.

Por causar danos na residência da ex-mulher, de 35 anos, e agredi-la, um homem de 31 anos foi preso pela Polícia Militar na Rua São Judas Tadeu, no Parque dos Ipês I. Ela disse que o homem procurava seu ex-cunhado (irmão dela) e como se recusou a abrir a porta, ele começou a chutar e dar socos em duas portas e uma janela, que são de um metal fino e que com as pancadas foram danificadas.

A mulher tinha pequenas lesões nos ombros e nos braços. Conduzido à delegacia para registro da ocorrência, o acusado se mostrou alterado, falando alto, ficando de pé e se recusando a cooperar. Como não se acalmava, atrapalhou o trabalho policial e teve que ser algemado para segurança de todos, inclusive dele próprio.

Por razões desconhecidas, uma mulher de aparência indígena empurrou e derrubou uma idosa de 72 anos em frente à loja Veneza Móveis, no centro da cidade. A PM fez rondas pelas imediações, mas não conseguiu localizar a autora da agressão. A vítima foi encaminhada ao hospital regional com algumas escoriações pelo corpo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Polícia Civil disponibiliza cartilha para consumidores evitarem golpes nesta Black Friday
MEIO AMBIENTE
Entre aves e mamíferos, mais de 100 animais retornam à natureza após reabilitação no Cras
BRASIL
Contran divulga novo calendário para CNH
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda nesta sexta e recua na semana com clima global mais otimista