Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
Lama Asfáltica

Gaeco cumpre cinco mandados em empresas envolvidas na Lama Asfáltica

14 novembro 2016 - 15h12Por Fonte: dahorabataguassu
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpre cinco mandados de busca e apreensão, na manhã de hoje, em Campo Grande. Um deles foi em escritório no cruzamento da Rua Vitório Zeolla com Abricó do Pará, no Bairro Carandá Bosque.

Segundo as informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Gaeco, o objetivo desta operação é desfazer esquema de emissão de notas fiscais frias com o fim de praticar crimes de corrupção, sonegação e lavagem de dinheiro envolvendo profissional de contabilidade e empresas envolvidas na Operação Lama Asfáltica.

O nome do profissional de contabilidade e outros pontos onde os mandados serão cumpridos ainda não foi divulgado.

LAMA ASFÁLTICA

Na primeira a fase da Operação Lama Asfáltica, cujas investigações se iniciaram em 2013, foi constatada a existência de grupo que, por meio de empresas em nome próprio e de terceiros, superfaturam obras contratadas com a administração pública, mediante a prática de corrupção de servidores públicos e fraudes a licitações, ocasionando desvios de recursos públicos.

A organização criminosa atua no ramo de pavimentação de rodovias, construções e prestações de serviços nas áreas de informática e gráfica. Os contratos sob investigação envolvem mais de R$ 2 bilhões.

Após a análise de materiais apreendidos na primeira fase, novas fiscalizações feitas pela CGU e relatórios da Receita Federal, mostraram fortes indícios de prática dos crimes de lavagem de dinheiro, inclusive decorrentes de desvio de recursos públicos federais e provenientes de corrupção passiva, com a utilização de mecanismos para ocultação de tais valores, como aquisição de bens em nome de terceiros e saques em espécie, de acordo com divulgação da PF.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde atualiza plano de vacinação com novas categorias na prioridade
BATAGUASSU
Polícia Militar apreende mercadorias descaminhadas
IMUNIZAÇÃO
Vacinas já distribuídas atendem cerca de 10% dos públicos prioritários
BRASIL
Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas