Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021

Curso de dança será no salão da igreja São João Batista, no bairro São João.

Curso de dança será no salão da igreja São João Batista, no bairro São João.

12 junho 2012 - 13h35
Divulgação (TP)

O Grupo Amigos da Dança de Ponta Porã, estará realizando um novo curso de dança de salão. De acordo com Wanderley Teixeira, a iniciativa do novo curso, é devido a grande procura, depois do primeiro realizado no mês de maio.


“Quando decidimos que íamos fazer um curso, não esperavamos que a procura fosse ser tão grande. E como existe o interesse de vários casais em fazer um novo curso, decidimos que vamos atender os pedidos e realizar outro curso gratuito”, disse.


Wanderley disse que a intenção é inscrever até cem casais neste segundo curso promovido pelo Grupo Amigos da Dança de Ponta Porã.


“As pessoas inscritas terão aulas de vanerão, chamamé e outros ritmos regionais. É uma grande oportunidade para aprenderem os ritmos das danças de salão. É interessante que as pessoas saibam que precisam vir com seu par. As vezes, alguns querem se inscrever sem par e acabam não fazendo o curso. Então é melhor que todos venham e se inscrevam com seus pares.

Teremos quatro domingos para ensinar as danças para os participantes”, declarou Wanderley.


As aulas serão realizadas das 17 às 19 horas, no Salão Paroquial da Igreja São João Batista. O baile de formatura será num domingo, com a realização de uma domingueira, com almoço para todos os participantes e convidados.


Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone 9609-0567 com o Wanderley Teixeira ou com a Cristiane no Mercado Peg Pag, no bairro São João.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INOCÊNCIA
Polícia Militar flagra homem enforcando esposa e o conduz preso para a delegacia
SAÚDE
"Vacinômetro": SES lança nova ferramenta de enfrentamento à Covid nesta semana em MS
COVID-19
Óbitos em Cartórios apontam 2020 como o ano mais mortal da história de Ponta Porã
Média anual de crescimento de registros de óbitos passou de 4,1% ao ano para 7,8% em 2020. Mortes em domicílio dispararam e aumentaram 27% no município
BELA VISTA
Polícia Civil recupera objetos furtados e prende suspeito