Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
Ponta Porã

Guardas Civis recebem orientações sobre Aids

21 dezembro 2015 - 16h45Por Assessoria

Ainda como parte das ações do Dia Mundial de Luta contra a AIDS, transcorrido em 1º de dezembro, a Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretaria Municipal de Saúde e SAE, ofereceram palestra educativa aos membros da Guarda Civil Municipal de Ponta Porã durante esta semana.

A palestra proferida pelo enfermeiro e pedagogo, Alberto Jungen Wider, especialista em gestão hospitalar e mestre em saúde pública, visou orientar e conscientizar os guardas municipais sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar o contágio da doença.

“Nós solicitamos a palestra da Secretaria Municipal de Saúde por entender que os nossos guardas lidam diariamente com público variado, participam de ações muitas vezes que envolvem pessoas dependentes químicas que podem estar com a doença e sempre é bom adotar procedimentos tanto no sentido de proteger a pessoa que vive com a doença quanto ao agente que está na operação”, informou o secretário municipal de Segurança Pública, Ulisses César Alcarás.

Alberto Wider explicou que é preciso que as pessoas tenham consciência de que é preciso a prevenção. Ele ressalta que a rede pública disponibiliza todos os medicamentos necessários para os pacientes que contraíram o vírus da AIDS.

No início deste mês de dezembro, diz Wider, foram distribuídos panfletos com informações sobre os riscos da doença com mensagens do tipo: “A AIDS não escolhe sua vítima. Mas você pode escolher a prevenção”.
Outra mensagem é a seguinte: “use sempre a camisinha, ela é o método mais eficaz de prevenir a AIDS e também as outras doenças sexualmente transmissíveis”. Lembrando que as unidades básicas de saúde mantidas pela Prefeitura Municipal distribuem preservativos masculinos gratuitamente.

Atualmente atendidos pelo SAE são 196 entre homens e mulheres vivendo com AIDS em Ponta Porã e em Pedro Juan Caballero 32 pessoas vivem com a doença. Na soma com as cidades de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas, Tacuru e Bela Vista, o número de pessoas que estão em tratamento chega a 365 pessoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio
ALEMS
Deputado Neno Razuk solicita melhorias em trecho da MS-485
PROSSEGUIR
Governo de Mato Grosso do Sul atualiza bandeiras dos municípios
JUSTIÇA
Marco Aurélio votará por permitir depoimento por escrito de Bolsonaro