Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021
Polícia

Idosa é espancada até a morte e genro preso suspeito do crime

04 novembro 2016 - 12h40Por Fonte: agazetanews
Catarina Mendes, de 72 anos, foi espancada até a morte na tarde ontem, no quintal da casa onde morava, em aldeia à margem da MS-386, em Amambai. Genro da vítima foi detido sob a suspeita de ter cometido o crime.

À reportagem do Portal Correio do Estado, o delegado responsável na investigação, Mikaill Alessandro Gouveia Faria, disse que ainda não há provas materiais que incriminem o suspeito. Ele foi detido depois de ser apontado por indígenas e segurado no local até a chegada de policiais.

A idosa tinha vários ferimentos de pauladas pelo corpo, grande parte na cabeça, e morreu no quintal da casa onde morava. Nenhuma pessoa se apresentou como testemunha. "Ninguém disse que viu o assassinato. O pau usado no crime não foi encontrado. Suspeitam do genro da vítima porque sempre que ele e a sogra bebiam, discutiam. Quando foi preso, ele estava embriagado", disse a autoridade policial. Ainda de acordo com o delegado, o suspeito não tem passagens pela polícia e nega ser o assassino.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas