Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020

Justiça Eleitoral fará novos atendimentos itinerantes

12 novembro 2011 - 08h00
Mercosulnews

Funcionários do Cartório da 52ª Zona Eleitoral de Ponta Porã vão realizar mais uma etapa de atendimento itinerante entre os dias 19 e 30 deste mês, para atender ao município de Antônio João e, na seqüência também atenderão em escolas de Ponta Porã, distrito de Cabeceira do Apa e Assentamento Itamarati. De acordo com a chefe do cartório da 52ª ZE, Elainy Akamine França, os títulos eleitorais serão entregues nos locais de atendimento.
A finalidade é facilitar o acesso da população aos serviços prestados pela Justiça Eleitoral, especialmente em relação à solicitação de títulos de eleitor. O atendimento itinerante terá início no dia 19 (sábado), na Câmara Municipal de Antônio João. No dia 23 será a vez da Escola Municipal Jardim Ivone, em Ponta Porã. Dia 24 atendimento itinerante será na Escola Polo Marcondes Fernandes Pereira, no Residencial Ponta Porã.

Já no dia 25, a equipe do Cartório Eleitoral segue para a Escola Oswaldo de Almeida Mattos, no distrito de Cabeceira do Apa. A Justiça Eleitoral reservou os dias 28, 29 e 30 de novembro para prestar atendimento na Escola Nova Itamarati, no Assentamento Itamarati II. Em todos os locais os atendimentos serão feitos das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Os cidadãos que forem aos pontos de atendimento itinerante deverão levar os documentos exigidos para alistamento (1º título de eleitor), transferência, revisão e mudança de local de votação, original acompanhado da respectiva cópia. “Estão sendo exigidos todos os documentos necessários, porque os títulos serão fornecidos na hora, ou seja, o cidadão apresenta a documentação e já sai de lá com o título na mão”, frisa Elainy França.

Os documentos exigidos são:

- Cédula de Identidade (RG) ou Identidade expedida por órgão representante de categoria profissional (OAB, CREA, CRM, etc.) e CPF. Não serão aceitos a CNH e o passaporte, por não conterem nacionalidade, naturalidade e filiação;

- Comprovante de endereço atual (contas de luz, água ou telefone), no máximo de um dos últimos três meses, que esteja em nome do interessado, seus pais ou cônjuge. Se a conta apresentada estiver em nome de parente que não seja um dos pais do interessado, há necessidade de comprovar documentalmente (cópia) o grau de parentesco (certidão de casamento ou nascimento, ou Identidade desse parente) e se a conta apresentada estiver em nome de terceiro, este deverá preencher Declaração de Residência no momento do atendimento e apresentar o original e cópia do RG;

- Para os homens (que forem fazer o título pela primeira vez) é exigido alistamento militar ou carteira de reservista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Caminhão que seguia para Campo grande com mais de seis toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF
PROPINA DIFERENTE
Traficante Minotauro usou canetas de US$ 900 para pagar propina a agentes paraguaios, afirma MPF
ECONOMIA
Seis milhões de pessoas pediram empréstimo na pandemia, diz IBGE
CORONAVÍRUS
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário