Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

Ludimar Novais candidato a prefeito da coligação “Ponta Porã pode mais” acompanhado do ex-governador Zeca do PT, de sua vice Sonia Cintas, do Superintendente do INCRA Celso Cestari e do delegado federal do MDA João Grandão percorreram assentamento duran

Ludimar Novais candidato a prefeito da coligação “Ponta Porã pode mais” acompanhado do ex-governador Zeca do PT, de sua vice Sonia Cintas, do Superintendente do INCRA Celso Cestari e do delegado federal do MDA João Grandão percorreram assentamento duran

07 agosto 2012 - 08h15
Divulgação (TP)

O candidato a prefeito Ludimar Novais (PPS) da coligação “Ponta Porã pode mais” acompanhado de sua esposa Kátia Fabiola, de sua candidata a vice-prefeita Sonia Cintas (PT), do ex-governador do estado por dois mandatos Zeca do PT, do superintendente do INCRA Celso Cestari, do delegado Federal do MDA (Ministério do desenvolvimento agrário) e suplente de deputado federal João Grandão, colaboradores e candidatos a vereador estiveram visitando e levando as propostas de trabalho e governo lote por lote no assentamento Itamarati.

A visita iniciou-se no centro comercial do assentamento, também conhecido como “secador” onde Ludimar, Sonia e Zeca visitaram todos os estabelecimentos comerciais, moradias, e fizeram um corpo a corpo de plano de governo, e foram recebidos com muita alegria e entusiasmo pela população dessa região.

Também na oportunidade foi comemorado o 10º aniversário da fundação do MST no Itamarati, o qual fizeram a entrega ao ex-governador Zeca do PT de uma cesta simbólica contendo todos os produtos que são produzidos hoje no assentamento, e também mostraram em slides fotos do começo da instalação do projeto de reforma agrária.

“Tenho certeza que Ludimar Novais é o candidato a prefeito que irá dar uma atenção especial a todos os assentados, não podemos permitir mais quatro anos de abandono e esquecimento, temos um potencial na produção de frutas, verduras, legumes, sementes, derivados do leite, carnes e outros que pode beneficiar Ponta Porã e atualmente não está tendo nenhum apoio da administração, isto irá mudar apartir do dia 1º de janeiro com Ludimar prefeito” discursou Zeca do PT para pelo menos 300 famílias.

Já o Superintendente do INCRA Celso Cestari destacou “Toda a estrutura que pertence ao assentamento, será devolvida exclusivamente para os assentados, temos um projeto sério de que todo o alimento produzido aqui, seja consumido em nossa região especialmente em escolas e hospitais, tenho a certeza que com Ludimar Prefeito o assentamento resgatará a auto-estima e nossa produção estará sendo consumida fora do estado e até no exterior” concluiu.


Fonte: Ricardo Zacarias- Assessor

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas